NOTÍCIAS NACIONAIS – Carlos Arthur Nuzman Foto – Getty Images Agentes da Polícia Federal prenderam, na manhã desta quinta-feira, 05/10, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, e Leonardo Gryner, diretor geral do comitê da Rio 2016 e braço direito de Nuzman no COB…

0
65

 
NOTÍCIAS NACIONAIS

DATA

Nesta quinta-feira, 05/10, é feriado em Roraima, DIA DA CRIAÇÃO DO ESTADO DE RORAIMA.

Também do Estado do Tocantins.

E é DIA INTERNACIONAL DAS AVES e DIA MUNDIAL DO PROFESSOR e DIA DA REPÚBLICA PORTUGUESA.

_____________________________________________________________________
PULSEIRAS

Agentes da Polícia Federal prenderam, na manhã desta quinta-feira, 05/10, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, e Leonardo Gryner, diretor geral  do comitê da Rio 2016 e braço direito de Nuzman no COB.

De acordo com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF-RJ), as medidas cautelares – ambos foram presos preventivamente, por cinco dias – são necessárias pois as atitudes de Nuzman após a deflagração da Operação Unfair Play demonstram obstrução das investigações sobre a ocultação patrimonial.

No cumprimento do mandado de busca realizada na casa do presidente do COB, em setembro, foi encontrada uma chave de cofre de um banco suiço. Depois disso, Nuzman declarou, por meio de retificação à Receita Federal, que mantinha 16 barras de ouro, com um quilo cada, no exterior.  Com o preço do grama do ouro, no momento, a R$ 129,56, assim as barras valeriam R$ 2.072.960,00

As investigações ainda mostraram que nos últimos 10 anos dos 22 que passou na presidência da entidade, o patrimônio de Nuzman se ampliou em 457%, não havendo ainda uma indicação clara de seus rendimentos.

_____________________________________________________________________
SIMBÓLICA

Um fundo de financiamento de campanhas foi aprovado de forma simbólica pelo plenário da Câmara dos Deputados na noite de quarta-feira (4/10).

O valor proposto para o “fundão” é de R$ 1,7 bilhão.

Os parlamentares aprovaram o texto-base, mas a sessão ainda segue em discussão sobre critérios para a sua distribuição, teto de gastos para campanhas, impulsionamento de conteúdo nas redes sociais e parcelamento de multas eleitorais.

_____________________________________________________________________
MAIS UMA

O deputado federal Jair Bolsonaro foi condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais coletivos a comunidades quilombolas e à população negra em geral.

O valor deve ser revertido ao Fundo Federal de Defesa dos Direitos Difusos.

O parlamentar pode recorrer.

Na sentença publicada na segunda-feira (2), a juíza Frana Elizabeth Mendes, da 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro, afirma que está “evidenciada a total inadequação da postura e conduta praticada pelo réu, infelizmente, usual, a qual ataca toda a coletividade e não só o grupo dos quilombolas e população negra em geral”.

_____________________________________________________________________
VELÓRIO

Ao longo do domingo, 1º de outubro, ativistas independentes e de ONGs como Vanguarda Abolicionista e Princípio Animal, realizam a quarta edição de um velório alusivo ao Dia Mundial dos Animais – 4 de outubro, pelo fim dos matadouros.

No Brique da Redenção, tradicional ponto de concentração popular em Porto Alegre, o caixão com um porco de paletó, coroa de flores e produtos da suinocultura chamaram a atenção dos passantes.

Cinco mil folderes de denúncia e sobre o veganismo foram entregues durante as abordagens, visando conscientizar e lembrar que não há o que comemorar nessa data.