NOTÍCIAS INTERNACIONAIS – PRESSÃO A Corte Interamericana de Direitos Humanos proferiu na terça-feira, 9 de janeiro, uma decisão que foi considerada histórica pelos defensores das minorias sexuais, ao determinar a seus países membros que reconheçam direitos plenos aos casais do mesmo sexo e permitam a troca de identidade sexual nos registros civis…

0
75

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS

NEVE

Homem observa dunas com neve no deserto do Saara Dunas na cidade de Ain Sefra, na Argélia, conhecida como a “porta de entrada para o deserto do Saara”, foram encobertas por neve no domingo (7/1)
Foto: Zohra Bensemra/Reuters

As imagens da neve no deserto, um dos lugares mais quentes do mundo, foram divulgadas em diversos veículos de imprensa.

Muitos meios de comunicação afirmaram que era a terceira vez em 40 anos que a neve caía no deserto. Mas, sem monitoramento extensivo no deserto, não é possível fazer essa afirmação. “O Saara é tão grande quanto os Estados Unidos, e há poucas estações climáticas. Então é ridículo dizer que essa é a primeira, segunda ou terceira vez que nevou, já que ninguém saberia dizer quantas vezes nevou sem estar lá”, disse ao jornal The New York Times o geólogo Stefan Kröpelin, da Universidade de Colônia, na Alemanha, especialista em clima de deserto.

Houve registro de neve na cidade de Ain Sefra em 2016 e em 2017. Antes disso, havia nevado em 1979. O deserto do Saara registra algumas das temperaturas mais quentes do mundo, mas tem uma grande variação térmica, que leva a baixas temperaturas à noite. As temperaturas podem variar de 50ºC durante o dia para -10ºC à noite. O que explica a raridade da neve no deserto, então, não é o calor, mas a falta de umidade, de acordo com Kröpelin. Ao jornal britânico The Independent, um porta-voz do Serviço Nacional de Meteorologia do Reino Unido disse que o fenômeno “não é comum, mas também não é sem precedentes”. “Aparentemente as fotos com neve foram tiradas nas partes mais altas, então não surpreende que haja neve com as condições certas”, afirma.

A CNN diz que a cidade fica a 1.078 metros acima do nível do mar. Segundo o meteorologista, as condições climáticas na Europa, que causaram frio no fim de semana, permitiram a chegada de ar frio e umidade ao deserto, o que fez nevar. A neve no Saara também levou algumas pessoas a atribuir o fenômeno à mudança climática. Rein Haarsma, pesquisador do Real Instituto Meteorológico da Holanda, disse que a neve não pode ser atribuída à poluição.

________________________________________________________________________

PRESSÃO

A Corte Interamericana de Direitos Humanos proferiu na terça-feira, 9 de janeiro, uma decisão que foi considerada histórica pelos defensores das minorias sexuais, ao determinar a seus países membros que reconheçam direitos plenos aos casais do mesmo sexo e permitam a troca de identidade sexual nos registros civis.

O tribunal internacional, com sede em San José (Costa Rica), considerou “necessário” que a figura do matrimônio não se restrinja às uniões heterossexuais, apesar da forte resistência demonstrada por grupos conservadores que exercem sua influência nos países da América Latina e Caribe.

O presidente da Costa Rica, Luis Guillermo Solís, reagiu de imediato com satisfação e com o anúncio de um rápido acatamento da sentença. Centenas de pessoas foram comemorar a notícia na fonte da Hispanidad, localizada em uma rotatória na região leste da capital, à qual costumam ir os torcedores de futebol para festejar os triunfos da seleção costa-riquenha. Também houve críticas de alguns setores políticos conservadores que consideram o decreto uma violação da soberania nacional.

A opinião consultiva da Corte Interamericana tem implicações que vão além da Costa Rica, porque seu acatamento é obrigatório para os 20 países que atualmente reconhecem a competência do tribunal internacional, alguns dos quais já reconhecem o direito ao casamento igualitário. O Centro pela Justiça e Direito Internacional (Cejil), com sede em Buenos Aires, considerou a decisão “histórica”.

Dentre os países que reconhecem a competência da Corte, apenas Brasil, Uruguai e Argentina reconhecem o casamento igualitário.

________________________________________________________________________

O PRIMEIRO

A ConvenientPower Systems apresentou o primeiro smartphone chinês do mundo a integrar Qi e carga rápida wireless na China, o maior mercado do mundo, com 1,38 bilhão de usuários de dispositivos móveis.

A Gionee, marca proeminente de smartphones da China, se foca em disponibilizar câmeras e opções de carga de energia de alto desempenho, com projeto futurista, para usuários de dispositivos móveis no Oriente Médio, África, Ásia Central e Sudeste Asiático.

Líder em tecnologia de carga wireless, a ConvenientPower Systems desenvolveu a carga rápida wireless para o smartphone Gionee M7Plus e para a base (pad) de carga rápida wireless da Gionee. O smartphone M7Plus tem Qi e o carregador wireless da Gionee tem até 10 watts de força para a carga rápida.

A carga rápida wireless do telefone móvel M7Plus da Gionee será demonstrada na Feira de Produtos Eletrônicos de Consumo de 2018, a Wireless Power Consortium, Estande SL2, Salões Sul 3 e 4, Upper Level & Connector, Tech East, no Centro de Convenções de Las Vegas.

Foto – Divulgação

________________________________________________________________________

PARCERIA

Foto – Divulgação

A Volvo Buses e a Nanyang Technological University (NTU), em Cingapura, assinaram um acordo de cooperação em um programa de pesquisa e desenvolvimento de ônibus elétricos autônomos.

O programa é parte da iniciativa do Departamento de Transportes Terrestres de Cingapura para criar novas soluções de transporte público sustentáveis para o futuro.

Cingapura e seu Departamento de Transportes Terrestres (LTA, Land Transport Authority) são reconhecidos pelo foco no transporte público e no desenvolvimento de veículos autônomos, na tentativa de criar um ambiente urbano sustentável. Cingapura anunciou que os ônibus autônomos serão implantados em diversas áreas do país até 2022.

Para a Volvo, essa será a primeira aplicação de soluções autônomas em transporte público. A Volvo já demonstrou a tecnologia autônoma em operações de mineração, extração e lavra de pedras naturais e coleta de lixo.

________________________________________________________________________

INVERSÃO

Foto: jvalley678/Pixabay

Uma história devastadora de Michigan para compartilhar.

O Departamento de Polícia do Condado de Washtenaw, em Michigan, EUA. estava há pouco tempo procurando por duas vacas que escaparam de uma fazenda. Dan McKernan, diretor executivo do Barn Sanctuary, um santuário de animais de fazenda sem fins lucrativos, foi de imediato ao local com um trailer para salvar as vacas de forma humana.

Em vez de permitir que Dan levasse com compaixão as vacas para o santuário, uma situação horrível se desenrolou.

Para documentar o que estava acontecendo, Dan iniciou um vídeo ao vivo no Facebook e compartilhou primeiro como ele tentava descobrir onde as vacas estavam. Ele ouviu tiros, mas não sabia de onde vinham. Ele viu um carro de polícia vazio, mas nenhum policial. Havia também um helicóptero que pairava acima da cena. Ficando frustrado e só querendo ajudar, Dan descobriu a dolorosa verdade: a polícia já tinha MATADO uma vaca, que também foi esfolada, embora não esteja claro se essa foi uma ação da polícia ou não, deixando a carcaça do animal na floresta.

A segunda vaca ainda estava sendo caçada e a polícia mandou Dan se retirar, apesar de ele poder transportar e providenciar abrigo para a vaca inocente.

Em um segundo vídeo ao vivo no Facebook, Dan encontra o corpo da vaca massacrado e ficou compreensivelmente chateado ao saber que, em vez de tentar ajudar as vacas, o departamento da polícia pegou suas armas e foi à caça.

A polícia alertou os moradores para terem cuidado se vissem as vacas, afirmando que vacas podem ser “agressivas”, o que as pinta como uma ameaça… talvez uma justificativa medíocre para o assassinato brutal desses animais inocentes.

As vacas são animais extremamente inteligentes e emocionais. Estudos demonstraram que quando elas estão com seus melhores amigos, seus níveis de estresse diminuem e, quando separadas, os níveis de estresse aumentam. Mas, infelizmente, porque as vacas e outros animais de fazenda são normalmente considerados “alimentos”, eles são tratados como mercadorias e não como indivíduos.