NOTÍCIAS NACIONAIS – A Lei N° 16.308/16, que vigora no Estado de São Paulo desde setembro de 2016, trata daquele que, comprovadamente, comete maus tratos contra animais domésticos, fica impedido de ter a guarda do animal maltratado, bem como de outros que pretenda tutelar…

0
159

NOTÍCIAS NACIONAIS

É LEI

Lei N° 16.308/16, que vigora no Estado de São Paulo desde setembro de 2016, trata daquele que, comprovadamente, comete maus tratos contra animais domésticos, fica impedido de ter a guarda do animal maltratado, bem como de outros que pretenda tutelar.

De acordo com esse diploma legal, o agressor só poderá obter a tutela de um animal doméstico após o decurso de 05 (cinco) anos, contados a partir da data da agressão cometida, sendo que referido prazo será reiniciado se, nesse ínterim, outra acusação de maus tratos lhe for apurada.

A referida Lei foi criada justamente para promover maior proteção a animais vítimas de maus tratos, cabendo ao Estado zelar pelo seu bem-estar, impedindo, por conseguinte, que animais domésticos tenham sua guarda submetida ou devolvida a agressores.

Contudo, apesar dessa importante iniciativa do Poder Legislativo, tal Lei será de difícil concretização, visto que é silente quanto aos métodos de como ela será aplicada e respeitada de forma efetiva.

Muitas dúvidas pairam sobre o tema, por exemplo: Como se dará o acesso a informações de agressores? Quem poderá acessa-las? De que forma o Poder Público dará tutela e abrigará os animais, vítimas de maus tratos? Tais animais serão destinados ao Centro de Zoonoses? Quem arcará com custos de alimentação, abrigo e demais cuidados e despesas de cunho veterinário? De que forma o Poder Público fiscalizará o agressor para que ele não volte a praticar esse crime contra outro animal? Quais as penalidades em caso de descumprimento legal? Seria apenas a privação da tutela de animais? pois isso, por si só, não seria suficiente para impedir a reincidência de tal conduta criminosa.

Outro ponto que traz dúvida é com relação às medidas a serem adotadas após o decurso do prazo legal de 05 (cinco) anos. De que forma o Poder Judiciário irá avaliar se o agressor está apto a obter a guarda do animal agredido ou mesmo de outros que, eventualmente, pretenda adotar? Não seria razoável restituir ou permitir a tutela de animais a pessoas que são incapazes de conviver em harmonia com os animais

Em virtude de todos os pontos acima abarcados, conclui-se que caberá à sociedade enfrentar o tema e buscar soluções em prol dos animais, encorajando, cada vez mais, a população a denunciar crimes de maus tratos.

________________________________________________________________________

VIAGENS

Expedia.com.br, site local de uma das maiores agências de viagem online do mundo, divulga estudo sobre comportamento e preferências dos viajantes “loucos por praia” em toda a América do Norte, Sul, Europa, Ásia e Austrália/Nova Zelândia.

O Relatório Flip Flop 2018, encomendado pela Expedia e conduzido pela empresa global de pesquisas Lonergan Researches, entrevistou 15.363 viajantes com mais de 18 anos, em 17 países.

Confira a seguir os principais dados referentes aos viajantes brasileiros.

Os brasileiros gostam mesmo é do Brasil

Com tantas belezas naturais, não é de se espantar que os viajantes brasileiros gostem mesmo é de aproveitar as praias em seu próprio país. De acordo com a pesquisa, o Brasil lidera o ranking das praias mais populares com 75% da preferência dos entrevistados, seguido dos Estados Unidos (30%), Itália (15%), Espanha (15%), Portugal (10%) e França (10%). Dentro do Brasil, os destinos mais populares para férias na praia são: Rio de Janeiro (35%), Salvador(15%) e Florianópolis (15%).

Na hora de escolher o local para as férias de verão, entre os fatores decisivos estão: limpeza, praias seguras, custo total da viagem e clima bom. Além disso, 70% dos viajantes desfilaram o corpo pela areia no último ano. Isso sim é gostar de sol.

Além da beleza natural das praias, outro ponto que pode influenciar positivamente os viajantes internacionais a visitar o Brasil, é que na média global o destino oferece as refeições mais econômicas. E, falando em beleza, o país perde apenas para a Austrália quando o assunto são os banhistas em si – já que entrevistados do mundo todo votaram nos brasileiros como os mais atraentes. Mais precisamente, das seis regiões que participaram do levantamento, o Brasil aparece entre os mais atraentes (top 5) em cinco delas!

________________________________________________________________________

EM ALTA

Segundo dados da Ancine, 181 milhões espectadores assistiram a filmes nacionais na última temporada.

Chegaram às telonas 158 novos títulos, um recorde, com o faturamento em ingressos de 2,7 milhões.

A crise é grande, o mercado está em baixa, a Netflix atrapalha, mas o cinema nacional ainda dá bom caldo.

________________________________________________________________________

ARTE

A alemã Pina Bausch aportará no Brasil, ou melhor, em São Paulo.

A companhia da coreógrafa, das mais respeitadas da Europa, vai se apresentar em novembro e dezembro no teatro Alfa.

________________________________________________________________________

DICA

O mercado de gastronomia tem sido um dos mais afetados pela crise em que o país se encontra, os últimos índices de economia divulgados apontam para uma leve recuperação.

Meados de 2017 em parceria com o Rodrigo Minotauro e a empresaria Candice Marocco, a Chefe Heaven Delhaye lançou o  Chez Heaven Bistrot, apostando em um reaquecimento do mercado carioca de gastronomia.

Heaven é referência no que faz, cozinha desde os 9 anos ao lado da mãe e sempre sonhou em  abrir seu próprio restaurante disposta a resgatar a história da própria família.

Da cozinha saem pratos da gastronomia contemporânea  francesa , entre eles,  o pato em duas versões, tradicional confit de canarde magret de canard grelhado com champignon de Paris, mini batatas e cebolas douradas para duas ou quatro pessoas ou o couvert maison, como sugestão de entrada, com endívias recheadas com queijo de cabra, laranja e amêndoas douradas, presunto cru, patê de azeitonas roxas, manteiga com flor de sal, creme de tomate seco e cesta de pães.

Sempre apostando no reaquecimento do mercado gastronômico no Rio, a chef Heaven lança um atrativo serviço de buffet  para o almoço de terça a sexta das 12h às 16h, por um preço fixo de R$ 25,00 e consumo liberado de saladas, feijões, arroz, massas, quiches e outros acompanhamentos.  As opções de proteínas são cobradas à parte.

Os eventos também fazem parte da agenda da Chef, nesta quarta-feira, 07 de março, seu pai, o enólogo português Alexandre Mendes  promove  “Uma noite na Bourgogne”, jantar harmonizado de pratos da culinária francesa com vinhos tintos e brancos.

ANOTA AI: Av. das Américas, 8585 subsolo 106  (shopping  Vogue Square)- Barra. Tel.  (21) 98911 1953