NOTÍCIAS NACIONAIS – Regularidade. Essa é a palavra que define o início de ano do carateca Douglas Brose…

0
63

NOTÍCIAS NACIONAIS

ESPORTE

Regularidade. Essa é a palavra que define o início de ano do carateca Douglas Brose.

Das seis etapas da Liga Mundial, o lutador disputou cinco e conquistou medalha em quatro delas. Começou com a prata na França, depois o ouro na Espanha e fechou com o bronze na Holanda e Marrocos. O brasileiro só não subiu ao pódio em Dubai.

De volta ao Brasil após conquistar o bronze em Marrocos no último domingo (08/04), Brose fez um balanço de seu desempenho neste começo de 2018. “Considero um resultado muito bom. Poucos atletas do mundo estão com essa constância, chegando sempre no pódio. Foram quatro medalhas em cinco etapas e importantes pontos somados para o ranking. É impossível vencer todos os campeonatos, mas essa regularidade que estou conseguindo manter é fundamental”, avaliou o atleta, que também é terceiro-sargento do Exército.

Sempre focado e de olho na vaga para a Olimpíada de 2020, no Japão, o carateca projeta a sequência da temporada. “Sou o atual número um do mundo na minha categoria e preciso seguir nesse ritmo, pontuando sempre nas etapas da Liga Mundial para me manter no topo e, consequentemente, garantir minha vaga para os Jogos Olímpicos. Agora é seguir focado, treinando bastante e buscar mais medalhas”, concluiu.

________________________________________________________________________

ESPORTE II

Contratado em 2016 pelo Feirense, Flávio Ramos disputa sua segunda temporada em Portugal. O zagueiro completou na última semana uma marca significativa no time, seu jogo de número 50

O brasileiro, que vive sua primeira experiência fora do Brasil, já vestiu a camisa de Náutico e Paysandu. Neste último, aliás, Flávio conquistou dois títulos, o Campeonato Paraense e a Copa Verde.

Além dos 50 jogos pelo Feirense, o defensor, que já se sente em casa em Portugal, soma três gols e uma assistência. Feliz pela expressiva marca atingida, Flávio se diz mais confiante e valorizou a experiência que vem ganhando na carreira. Ao todo, como profissional. o atleta acumula 104 partidas.

Restando seis rodadas para o término do Campeonato Português, o Feirense luta para se manter na primeira divisão.

________________________________________________________________________

MALDADE

Mel tem 15 anos e foi deixada em lixão para morrer

Foto – Arquivo Pessoal

Mais um caso de abandono vem movimentando as redes sociais.

A boxer Mel, de 15 anos, foi deixada em um lixão na cidade de Fortaleza para morrer. Além de idosa, a cachorra é paraplégica e necessita de cuidados especiais. Mas o final feliz começou quando voluntários encontraram uma família em São Paulo interessada na adoção.

Mel havia sido resgatada, doada e abandonada novamente. A advogada Renata Bueno ficou sabendo da história e resolveu acolher o animal. “Vi o desespero da Alessandra Walckiers, a moça que a divulgou implorando uma solução. Como já tenho quatro idosos em casa, não aguentei saber que ela não tinha um lar e foi colocada na rua. Fiquei muito penalizada e quis mostrar que é amada e vai ser cuidada até o fim”, explica.

A tarefa não seria fácil, mais de 6.000 km separavam adotada e adotante. A velhinha também não aguentaria o transporte de avião. Foi aí que outros dois voluntários, Renato Zuzarte e Priscila Bonfante, também de São Paulo, se ofereceram para buscá-la no nordeste. “Eu me disponibilizei e as meninas começaram a fazer o rateio para custear. Também consegui um carro emprestado”, conta o empresário. A viagem chegou ao fim na quinta (12/04), após sete dias de estrada.

________________________________________________________________________

MALDADE II

Cão é resgatado após ser enterrado vivo em Resende

Foto – Redes Sociais

Após ter sido enterrado vivo, um filhote de cachorro foi resgatado na manhã de domingo (8/4) em Resende, no Sul do Rio de Janeiro.

Ele estava em um buraco, só com o focinho para fora, e foi encontrado por uma voluntária de uma organização não governamental (ONG) de proteção aos animais.

A mulher contou que estava indo ao supermercado quando ouviu o cão chorando e fazendo ruídos dentro do buraco, em um terreno abandonado. O local, segundo ela, virou praticamente um lixão que, inclusive, costuma ser usado para o abandono de animais. Ela contou também que já fez “vários” resgates nesse local. Não há informações sobre quanto tempo o cachorro ficou lá.

Após desenterrá-lo, a mulher levou o animal para uma clínica veterinária. Ele estava cheio de carrapatos e bichos, além de desidratado. O bichinho será colocado para a adoção.

________________________________________________________________________

ARTIGO

Quem sou eu?

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

flavioviver@gmail.com (*)

Você se conhece profundamente? Sabe quem realmente é? Você usa suas características a seu favor? Essas perguntas podem parecer estranhas para um adulto, já que todos, de alguma forma, sabem quem são. No entanto, a essência aflora quando o ambiente e as pessoas se transformam em algo perigoso e é necessário agir de imediato, sem tempo para refletir. As ações e as falas posteriores ao perigo serão completamente espontâneas. Todo o aprendizado acumulado durante a vida e toda a nossa personalidade construída, irá agir. Você continuará consciente durante a ação e achará que é o melhor que tem a fazer, porém nem sempre o resultado irá a seu favor.

Você apresenta equilíbrio emocional diante da adversidade? Será um comportamento condizente com seus valores? Mostra maturidade nas suas atitudes e decisões? Faço esse questionamento porque há adultos que agem de acordo com o que aprenderam quando criança e consequentemente apresentam um comportamento infantil diante de um confronto. Assim, ficam presos nos aprendizados que tiveram durante a infância e não renovam seus comportamentos. Pare para pensar sobre isso e se questione. Quem sou eu e como agirei diante de um perigo extremo?

Ao se questionar sobre tal reação, qual foi a resposta? O que veio de encontro aos seus pensamentos? É como gostaria de reagir diante de um perigo ou como realmente agiria? O resultado dessa ação está a favor ou contra seu projeto de vida?

A vida, mais cedo ou mais tarde, apresenta obstáculos que precisam ser ultrapassados. Quando adultos, não podemos ser ingênuos como crianças e achar que nada de ruim vai nos acontecer. Porém, não seja pessimista a ponto de antecipar um perigo que talvez nem exista. Portanto, é fundamental se conhecer e investir nos conhecimentos e habilidades que lhe permitam enfrentar os desafios que encontrará no dia a dia. Invista em si, pois é com a sua personalidade que continuará a viver até o último dia de vida. Você é a sua própria casa. Se conheça, procure um psicólogo.