NOTÍCIAS DE RORAIMA – Comemorado em 19 de abril, o Dia do Índio não vai passar em branco no Instituto Federal de Roraima (IFRR). Os Campi Boa Vista, Boa Vista Zona Oeste, Amajari e Novo Paraíso já estão nos preparativos de atividades alusivas à data…

0
122

NOTÍCIAS DE RORAIMA

ESPECIAL

De aniversário neste sábado, 14/04, a matriarca de tradicional família roraimense, IRACEMA OLIVEIRA, a quem desejamos tudo de bom e um pouco mais, e mais saúde!!! Na foto, com seu filho, JOAQUIM OLIVEIRA e seu neto, ROGÉRIO OLIVEIRA PIMENTEL.

________________________________________________________________________

OBITUÁRIO

Com pesar informamos o falecimento de CLERTON FARIAS ocorrido na sexta-feira, 13/04, em Normandia, de infarto.

________________________________________________________________________

ENQUADRAMENTO

A Comissão Mista do Congresso Nacional, que analisa a Medida Provisória 817 sobre o enquadramento de servidores dos ex-territórios de Roraima, Rondônia e do Amapá,  aprovou, por unanimidade,  na terça-feira (10/04),  o parecer do relator Romero Jucá sobre a matéria. O próximo passo agora é a votação na Câmara dos Deputados, e em seguida no plenário do Senado.

Além dos regentes de ensino (que serão enquadrados como professores), grupo TAF – Tributação, Arrecadação e Fiscalização e do Planejamento, Romero Jucá incluiu novas categorias através da apresentação de três emendas de relator. As  emendas atendem os servidores do Ministério Público, Tribunais de Justiça, Assembleias e Câmara de Vereadores dos ex-territórios. “Não existe ainda acordo com o governo para que essas mudanças sejam acatadas, mas decidi incluir em meu parecer pois sempre procurei atender o maior número de pessoas e que devemos batalhar para também beneficiar essas novas categorias, pois isso é justo”, disse o relator em entrevista após a aprovação de seu parecer.

Jucá apelou, no final da reunião, para que os deputados agilizem junto ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ), a inclusão da matéria na pauta do plenário. “Um grande caminho já foi percorrido e agora necessitamos de compreensão do presidente da Câmara para pautar o mais breve possível a MP”, disse.

A presidente da Comissão Especial da MP do enquadramento, deputada Maria Helena do MDB, disse que foi uma vitória a inclusão de novas categorias. Ela ressaltou ainda a aprovação do relatório do senador Jucá por unanimidade “Foi uma grande avanço e o cumprimento de uma importante etapa nesse processo todo. Fico feliz pelo fato da reunião ter ocorrido em harmonia e com a colaboração de todos, assim podemos atender os servidores de Roraima”, afirmou.

 Entrega de documentos

O Diário Oficial da União publicou no dia 03.03, o Decreto 9.324, assinado pelo presidente Michel Temer regulamentando a Medida Provisória 817. Esse documento garantiu novo prazo de 30 dias para entrega de documentos, atendendo as pessoas que nunca fizeram isso.

O Decreto também garante àqueles que tiveram o pedido indeferido nas normas da Emenda Constitucional 79, tenham seu pedido revisto, considerados as novas regras estabelecidas na Emenda Constitucional 98.

Os interessados devem procurar a SAMP- Secretaria de Administração do Ministério do Planejamento em Roraima, que funciona na avenida Floriano Peixoto – Centro; levando documentos que comprovem o vínculo com o Estado ou prefeituras entre outubro de 1988 e outubro e 1993. O atendimento é feito de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30.

________________________________________________________________________

BOLETIM IFRR

Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima (CAM-IFRR), por meio da Coordenação de Extensão, convida ex-alunos para participar do IV Encontro de Egressos, que ocorre neste sábado, dia 14, na unidade de ensino.

A programação se inicia às 18 horas, com a Aula da Saudade, em que alunos e docentes irão debater sobre a vida profissional e acadêmica fora do Instituto Federal. Essa é uma ação permanente da política de acompanhamento do egresso, que constitui uma das ferramentas fundamentais para atender aos indicadores de extensão por meio de ações que contribuam para a discussão e o aprimoramento das atividades institucionais.

O acompanhamento de egressos também garante o cumprimento das diretrizes da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) no que se refere às ações de avaliação, com foco na inserção no mundo do trabalho, nas posições, nas vivências e nas dificuldades profissionais dos ex-alunos, além de promover a participação deles na vida da instituição.

O Encontro de Egressos é uma ação pontual, e essa será a quarta edição do evento. Quem já participou garante que a experiência é válida.

Após a Aula da Saudade, haverá um grande baile dançante, conduzido pela banda CAM SOM, formada por alunos e servidores do campus. A programação segue até às 23 horas.

Para ex-alunos que estão interessados em comparecer ao encontro e que não têm como se deslocar de Boa Vista até o Amajari, haverá transporte saindo da Capital às 15 horas de sábado e com retorno às 8 horas da manhã de domingo. Os interessados devem entrar em contato com os organizadores pelo telefone (95) 99111-0579.

Serviço: IV Encontro de Egressos do Instituto Federal de Roraima/Campus Amajari

Data: 14/4/2018 (sábado)

Horário: 18 horas

Local: Campus Amajari – Rodovia Antonino Menezes da Silva, KM-03, Vila Brasil, Amajari

______________________

Foi lançado, na última segunda-feira, dia 9, o Edital 7/2018/CBV/IFRR, que trata do processo seletivo destinado à seleção de cursistas para o curso de Formação Inicial e Continuada em Auxiliar de Arquivo, que será ofertado pelo Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR).

O curso terá carga horária de 170 horas e será realizado na modalidade de Educação a Distância (EaD). As inscrições e a entrega dos documentos necessários para a análise curricular serão feitas no período de 16 a 27 de abril, no Protocolo do CBV, localizado na Avenida Glaycon de Paiva, n.º 2496, Bairro Pricumã, no horário das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30.

Para concorrer a uma das vagas do processo seletivo, o candidato deverá comprovar a conclusão do ensino fundamental I. O processo de seleção ocorrerá em uma única etapa, de caráter classificatório, que consiste na análise curricular, ou seja, na avaliação dos documentos previstos no edital.

Para acessar o edital completo, basta clicar no link a seguir:

http://boavista.ifrr.edu.br/processo-seletivo/processo-seletivo-fic/seletivo-fic-2018-auxiliar-de-arquivo

______________________

Comemorado em 19 de abril, o Dia do Índio não vai passar em branco no Instituto Federal de Roraima (IFRR). Os Campi Boa Vista, Boa Vista Zona Oeste, Amajari e Novo Paraíso já estão nos preparativos de atividades alusivas à data.

No Campus Novo Paraíso (CNP), será realizada a Semana dos Povos Indígenas, que incluirá, no período de 16 a 19, a exibição, mediada por debate, de um filme sobre o tema, a exposição de cartazes elaborados pelos estudantes do campus, uma roda de conversa com a historiadora Mávera Santos, da etnia macuxi, além de pinturas corporais, feira de artesanato e apresentações de danças e vídeos produzidos na unidade.

Campus Amajari (CAM) também comemora a data com a Semana dos Povos Indígenas, entre os dias 16 e 19, que vai levar aos participantes palestras, oficinas, feira de artesanato indígena, minicursos, jogos indígenas, além de apresentações de dança e música.

Já no Campus Vista (CBV), está programada uma mesa-redonda, voltada para o público interno, no dia 19, com o tema “Saúde, Educação e Direitos Indígenas”. No dia 20, em parceira com o Instituto Insikiran, da Universidade Federal de Roraima (UFRR), a unidade vai possibilitar a estudantes do CBV uma imersão na cultura dos indígenas da etnia Warao, durante a I Feira Internacional de Cultura Indígena, que ocorre paralela à III Feira Intercultural do Instituto Insikiran.

Fechando as programações em alusão ao Dia do Índio, o Campus Boa Vista Zona Oeste (CBVZO) vai oferecer, na manhã do dia 28 de abril, atividades concomitantes, que incluem exibição e debate de filme a respeito da temática, oficina de contação de histórias sobre lendas e mitos indígenas, oficina de arte e artesanato com artistas locais convidados, exposição de comidas típicas indígenas e palestra/painel para divulgação de dados sobre a sociodiversidade dos povos indígenas no Brasil e em Roraima.

________________________________________________________________________

REPRESENTAÇÃO

O procurador do Ministério Público de Contas do Estado de Roraima (MPC/RR), Paulo Sousa protocolou, na última quinta-feira, 12/04, junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE/RR), representações em desfavor da governadora Suely Campos, do secretário de fazenda, Kleber Coutinho Josua e do secretário de Planejamento Haroldo Eurico Amora dos Santos, por ocorrência de sucessivas ilegalidades contra a Universidade Estadual de Roraima (UERR).

A ação iniciou após denúncia e posterior abertura de Procedimento Investigatório Preliminar (PIP), onde foram constatadas diversas ilegalidades cometidas pelo Governo do Estado contra a UERR no que tange a sua autonomia orçamentária, financeira e administrativa.

“Verificamos que a Universidade Estadual de Roraima tem sofrido, por parte do Governo do Estado, constantes contingenciamentos em seu orçamento o que, na prática, significa a reiterada subversão do regramento de Direito Administrativo aplicado à administração indireta e malferimento da Constituição Federal”, explicou Paulo Sousa.

Durante a apuração também constatou-se que a Secretaria Estadual de Fazenda (SEFAZ/RR), juntamente com a Secretaria de Planejamento (SEPLAN/RR), adotaram a prática de concessão de cotas trimestrais de empenho, pela qual há um conta-gotas do orçamento da instituição na medida em que, quando superado o valor inicialmente liberado, deve ser solicitado outro valor por meio de expediente totalmente incabível a antecipação de novas cotas.

“Essa prática configura ingerência administrativa ilícita, pois impede a UERR de acessar seus próprios recursos, situação de flagrante ofensa à Constituição Federal de 88 e de desrespeito às regras que regem a Administração Pública Indireta, que não se vincula hierarquicamente ao Governo do Estado”, revelou o procurador.

Além disso, a não liberação das verbas para UERR pelo Governo do Estado, inclusive destinadas ao pagamento dos encargos sociais, serviços terceirizados e despesas de custeio, põe em risco a existência da Universidade.

OUTRA AÇÃO – Outra representação também foi protocolada pelo MPC/RR junto ao TCE/RR, somente em desfavor da Governadora Suely Campos, requerendo a imediata sustação da intervenção na UERR, instituída pelo Decreto Estadual nº 24.904 – E, da Procuradoria-Geral do Estado (Reproge), publicado no Diário Oficial de 26 de março de 2018.

________________________________________________________________________

BOLETIM TJRR

Os eleitores que pretendem votar nas Eleições Gerais de 2018 têm até 9 de maio para transferir, regularizar ou emitir a primeira via do título eleitoral. Qualquer um desses procedimentos exige a apresentação do comprovante de residência e um documento oficial com foto.

O secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima, Wanderlan Fonseca lembra que os eleitores devem se antecipar à data limite do fechamento de cadastro para evitar as intermináveis filas que se formam nesse período.

Esse ano, o primeiro turno das eleições acontecerá no dia 7 de outubro. Os eleitores vão votar para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. O voto é obrigatório no Brasil. Apenas eleitores que têm menos de 18 anos ou mais de 70 e mais os analfabetos têm voto facultativo, ou seja, não são obrigados a votar.

As pessoas que vão completar 16 anos até o dia 7 de outubro podem tirar a primeira via do título de eleitor.

Para transferir o título, o eleitor deve residir a pelo menos três meses no novo município. Ainda é necessário, no mínimo, um ano da data do alistamento eleitoral ou da última transferência do título.

FECHAMENTO DE CADASTRO – O TRE/RR, por meio da Justiça Eleitoral Itinerante, vai enviar equipes de atendimento para todos de municípios, além de reforçar as equipes de todas as zonas eleitorais, a fim de possibilitar ao eleitor melhor acesso aos serviços, conforme cronograma abaixo:

 

MUNICÍPIO LOCAL DE ATENDIMENTO PERÍODO
Iracema – Sede Escola Iracema Aguiar 18 a 20 de abril
Iracema – Campos Novos Escola Manoel Agostinho 21 e 22 de abril
Iracema – Roxinho Escola José Pereira de Araújo 19 de abril
São João da Baliza -Sede Esc. Francisco Ricardo de Macedo 18 a 21 de abril
São João da Baliza – Vicinal 29 Esc. Cristóvão Colombo 20 de abril
Boa Vista – 1ª Zona Eleitoral Avenida Santos Dumont, 760, São Pedro Até 9 de maio
Boa Vista – 5ª Zona Eleitoral Av. Nazaré Filgueiras, 2077, Pintolândia Até 9 de maio
Caracaraí – 2ª Zona Eleitoral Praça do Centro Cívico, s/n.º, Centro Até 9 de maio
Alto Alegre – 3ª Zona Eleitoral Rua Antônio Dourado de Santana, s/n.º, Centro         Até 9 de maio
 São Luiz – 4ª Zona Eleitoral Avenida Ataliba Gomes de Laia, s/n.º         Até 9 de maio
 Mucajaí – 6ª Zona Eleitoral Av. Padre Ricardo Silvestre, 269 – Centro        Até 9 de maio
Pacaraima – 7ª Zona Eleitoral BR-174, s/n – Centro

 

       Até 9 de maio
Rorainópolis– 8ª Zona Eleitoral Av. Francisco Reginatto, s/n.º–Parque Amazônia        Até 9 de maio
Caroebe – Sede Escola Tereza Teodoro Rua Principal, s/nº – Sede 4 a 9 de maio
Cantá – Sede Câmara Municipal R. Lúcia Eduardo Queiroz, s/nº – Centro 4 a 9 de maio
Bonfim – Sede Fórum da Comarca Rua Maria Deolinda de Franco Megias, s/nº 4 a 9 de maio
Normandia – Sede Escola Mariano Vieira Rua Beatriz Macedo, s/nº Centro 4 a 9 de maio
Amajari – Sede Câmara Municipal Avenida Tepequém, s/n, Centro 4 a 9 de maio
Uiramutã – Sede Escola Joaquim Nabuco Rua Cecy Mota s/nº – Centro 4 a 9 de maio

 

Observação: Os eleitores de BONFIM, CANTÁ E NORMANDIA, também podem se dirigir à sede da 5ª ZONA ELEITORAL, em Boa Vista.

Acordos de Cooperação Técnica

Devido às restrições orçamentárias impostas pelo Governo Federal e considerando os resultados positivos obtidos da parceria com as prefeituras municipais durante o processo de recadastramento biométrico no Estado, o Tribunal Regional Eleitoral de Roraima firmou novo Acordo de Cooperação com os prefeitos municipais, no intuito de disponibilizar servidores para auxiliar as equipes da Justiça Eleitoral durante o período de atendimento/fechamento de cadastro nas sedes dos municípios.

TIRA-DÚVIDAS:

BIOMETRIA

– Quem não fez a Biometria teve o título cancelado, portanto deve procurar o Cartório Eleitoral até 09 de maio.  Eleitor que teve seu título cancelado por não fazer biometria, NÃO paga multa, exceto se tiver deixado de votar em alguma eleição.

REZONEAMENTO

– Quem precisa substituir o título? Todos os eleitores que VOTAM nos 11 bairros que passaram a fazer parte da 1ª Zona Eleitoral (ASA BRANCA, BURITIS, CAIMBÉ, CAUAMÉ, CENTENÁRIO, CINTURÃO VERDE, JOQUEI CLUBE, TANCREDO NEVES, CARANÃ E UNIÃO). NÃO MUDOU O LOCAL DE VOTAÇÃO. Mudaram apenas as informações no documento, como o número da zona e seção eleitoral.

E-TÍTULO

– Os eleitores de Roraima que possuem aparelho do tipo smartphone ou tablet não precisam ir a um Cartório Eleitoral para retirar a segunda via de seu título de eleitor. O e-Título, aplicativo que permite acessar uma via digital do documento está disponível. Os eleitores de Boa Vista, que, em função do rezoneamento, passaram da 5ª para a 1ª Zona Eleitoral, e que puderem e quiserem baixar o aplicativo não necessitarão retirar seu documento no cartório da 1ª ZE. O e-título contém todas as informações do documento impresso, a exemplo do número da zona, seção e local de votação. Baixe o aplicativo E-Título e evite filas.

______________________

O Tribunal de Justiça do Estado de Roraima, por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, realizou na tarde de quinta (12/04) a entrega dos certificados do projeto Maria Vai à Escola, aos alunos da Escola Municipal Cantinho Feliz.

A solenidade ocorreu no auditório da 2ª Vara do Júri do Fórum Criminal Evandro Lins e Silva, Bairro Caraná. Participaram do evento a juíza Maria Aparecida Cury, titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar, Keila Cinara Tóme Barros secretária Municipal de Educação e Cultura, e o gestor da escola, Eduardo Freitas Bezerra.

Durante o evento, Keila Cinara Tóme Barros, relembrou o início do projeto Maria vai à escola que está no 3° ano de execução e falou da importância da parceria com o Tribunal de Justiça de Roraima.

________________________________________________________________________

BOLETIM UERR

 

Serão realizadas neste domingo (15/4) as provas do concurso público da Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes). As de nível médio terão início às 8 horas e as de superior às 14 horas. Os portões serão fechados 20 minutos antes.

O local da prova pode ser consultado por meio do endereço https://cpc.uerr.edu.br/?p=2527. Elas terão duração de quatro horas, cada.

O candidato deve comparecer ao local da prova com no mínimo uma hora de antecedência, apenas com a caneta esferográfica, azul ou preta, de material transparente, munido do comprovante de inscrição ou do comprovante de pagamento da taxa de inscrição e do documento de identidade original.

O concurso disponibiliza 45 vagas para agente sócio-geriátrico e 20 para Agente sócio-orientador, ambos de nível médio; e três vagas para Administrador, três para Contador e duas para Sociólogo.

As remunerações são de R$ 2.223,34 para nível médio e R$ 4.111,65 para superior.

________________________________________________________________________

ESCOLHIDO

Dos 310 projetos inscritos por alunos de todo Brasil para participar da Mostra Inova SENAI 2018, 25 foram selecionados para a etapa nacional, na categoria Produto Inovador.

De Roraima foi escolhido o Projeto Caroçaí, que consiste em uma farinha que é feita a partir do caroço de açaí e que pode ser utilizada para fabricar diversos tipos de iguarias.

O Programa Inova SENAI foi criado para incentivar boas ideias, desenvolvidas nas unidades de ensino do SENAI. Alunos, docentes, técnicos e consultores dos Departamentos Regionais do SENAI podem inscrever processos e projetos inovadores em gestão e tecnologia alinhados aos interesses e necessidades da indústria brasileira. A iniciativa tem como objetivo principal desenvolver a capacidade empreendedora, a criatividade e o raciocínio, por meio do desenvolvimento de projetos de inovação desde a concepção, planejamento, execução e apresentação para possíveis clientes.

O Projeto Caroçaí surgiu da pesquisa das alunas do SENAI Ana Paula Oliveira da Silva e Conceição Silva, que orientados pela instrutora da área de alimentos, Eliana Lima, criaram uma farinha, a partir do caroço do açaí, para produção de pães, bolos e biscoitos. Essa foi uma demanda que surgiu devido à necessidade de uma empresa do Estado do Amapá que não sabia o que fazer com os resíduos gerados da utilização da polpa do açaí.

De acordo com pesquisas realizadas esse caroço revela-se um importante anti-hipertensivo, antidiabético, redutor do nível de colesterol no sangue e anti-inflamatório, por isso as alunas buscaram o apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, que por meio dos seus pesquisadores tem realizado pesquisas para melhoramento do produto. A equipe também conta com a parceria da Faculdade Estácio, que tem disponibilizado o apoio para rótulo nutricional e da empresa Trigolar, que fornece a matéria prima para realização de testes com o uso da farinha.

De acordo com a uma pesquisa realizada por alunos da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, o consumo de pães no Brasil é de 27 kg anuais por pessoa, fazendo com que os produtos panificados ocupem a terceira colocação na lista de compras dos brasileiros, representando em média, 12% do orçamento familiar para alimentação. A farinha caroçaí possui um papel inovador para as indústrias e mercados, salientando que, além de saborosa a farinha de caroço de açaí irá proporcionar uma alimentação saudável para as pessoas de todas as idades.

A equipe do Projeto Caroçaí de Roraima ficou a frente de estados como São Paulo e Santa Catarina, que são referências em ideias inovadoras e vão representar o SENAI Roraima na etapa nacional, que acontecerá em Brasília no período de 03 a 08 de julho de 2018. Todos os alunos selecionados para a etapa nacional, bem como os docentes das unidades do SENAI responsáveis pelos projetos aprovados participarão de diversas capacitações.

________________________________________________________________________

BOLETIM ALERR

Para conhecer o trabalho que a Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa de Roraima realiza por meio do CHAME (Centro Humanitário de Apoio a Mulher), a Fundação Pan-americana para o Desenvolvimento, órgão ligado a Organização dos Estados Americanos (OEA), enviou um representante que esteve  no Centro.

A proposta inclui principalmente apoiar as ações do Chame no atendimento às mulheres imigrantes, na maioria venezuelana que está refugiada em Roraima e que se encontra em situação de vulnerabilidade.

Para mediar às ações, está em Roraima o gerente de projetos Christopher Wooley, que participou de uma reunião na segunda-feira, 9/4, na sede do Chame com a procuradora-adjunta Especial da Mulher, Sara Patrícia Farias. Segundo Wooley, a Fundação já conhecia o trabalho desenvolvido pelo Chame, por meio da mídia internacional e afirma que a parceria pode ser produtiva e resultar em muitos benefícios para essas mulheres que estão necessitando de amparo.

O Chame funciona na rua Coronel Pinto, 524, Centro e contatos podem ser feitos por meio do Zap Chame: 98402-0502. Mais informações podem ser obtidas por meio do 0800 095 0047. Saiba mais informações sobre a Rede Estadual que atua em proteção das mulheres neste endereço:http://www.al.rr.leg.br/chame/.

______________________

Uma das pautas do Poder Legislativo que rendeu um diálogo acalorado na terça-feira, 10/4, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa de Roraima, foi o Projeto de Decreto Legislativo (PDL), de autoria da Mesa Diretora, que susta o Decreto governamental nº 24.904-E, que tirou a autonomia financeira da UERR (Universidade Estadual de Roraima).

Parlamentares da base aliada do Executivo ainda tentaram tirar o projeto da pauta ao pedir vista, mas os membros da Comissão Geral, que tinha como presidente o deputado George Melo (PSDC), optaram pelo prosseguimento. O próximo passo é discutir e votar o projeto em plenário.

A deputada Lenir Rodrigues (PPS), relatora do PDL, disse que a retirada da autonomia da UERR é uma represália à instituição. “O equívoco começou na forma jurídica da intervenção. Não pode o Poder Executivo intervir numa instituição autônoma sem a autorização da Assembleia Legislativa, e com único decreto colocar a Reproge (Representação da Procuradoria Geral do Estado) para intervir em uma instituição autônoma. Essa instituição não tem apenas o reitor, mas um conselho superior. É esta forma desrespeitosa, ilegal e imoral que estamos combatendo com a sustação do decreto para restabelecer a autonomia da UERR”, justificou Lenir. Conforme o decreto assinado pela governadora Suely Campos (PP), a representação no âmbito da Universidade Estadual de Roraima deverá atuar pelo tempo que se fizer necessário. O decreto diz que “de acordo com o interesse e conveniência da Administração Pública Estadual, a fim de se efetuar correições dos atos internos da Instituição, apurar eventuais responsabilidades administrativas e adotar outras medidas cabíveis”.

O decreto governamental foi publicado depois de a UERR contestar na justiça a redução do orçamento da instituição de ensino superior, o que gerou um desconforto no Executivo. A medida aplicada foi uma retaliação à cúpula da universidade, e que acaba por prejudicar na ponta todos os cidadãos de Roraima que utilizam os serviços da instituição de ensino superior em todos os cantos do Estado. “A UERR é uma instituição reconhecida que leva educação superior e que dá embasamento aos profissionais do ensino superior, médio e fundamental, entre outros. Não podemos tirar, por meio de um decreto, esse papel essencial da UERR, que investe no processo de desenvolvimento cultural e intelectual do nosso Estado”, ressaltou a deputada Lenir.

Para a parlamentar, não resta dúvida que a intervenção é uma questão política. “O que estamos observando é uma interferência na organização administrativa desse órgão que é tão importante para a nossa sociedade. Agora vamos ter que debater e a população também tem que entender a importância da UERR na nossa sociedade”, salientou a deputada.

______________________

O CHAME (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), da Assembleia Legislativa de Roraima, foi o primeiro colocado entre os cinco finalistas para receber o Prêmio Dr. Pinotti – Hospital Amigo da Mulher, promovido pela Câmara dos Deputados. A premiação será entregue no dia 23 de maio, no Salão Nobre Câmara, em Brasília. O prêmio é concedido às instituições, cujos trabalhos e ações desenvolvidas merecem destaques ao promover o acesso qualificado aos serviços de saúde da mulher.

O deputado federal Hiran Gonçalves (PP) foi quem indicou o Chame para participar do concurso.

CHAME – O Chame é um dos núcleos da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa, que tem também como parte da estrutura os núcleos de Tráfico de Pessoa e o Reconstruir. O Chame desenvolve vários projetos como o Papo Reto, que trabalha o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) combinado com a Lei Maria da Penha, para que crianças e jovens sejam educados para o respeito integral à pessoa da mulher, que sejam preparados para a não-violência.

Tem ainda o programa Capacitação Legal que é um curso de 80 horas certificado pela Escola do Legislativo e voltado para a segurança comunitária, para que as comunidades indígenas tenham acesso à legislação, inclusive à Lei Maria da Penha.

Desenvolve ainda o projeto Elas por Elas que trabalha a questão da notificação da violência; o programa a Vida Pede Passagem, contra o feminicídio no Estado de Roraima; Olhos de Maria que tem uma parceria com a Igreja Adventista do 7º Dia, e o Quebrando o Silêncio, com as mulheres evangélicas, além do ZapChame, que é uma ferramenta, por meio do Whatsapp, para que as mulheres possam se comunicar nos casos de violência, e o Momento do Chame, que divulga a entidade nas repartições públicas e lugares públicos.

  1. PINOTTI – José Aristodemo Pinotti, o Dr. Pinotti, foi um médico ginecologista, professor universitário e político. Graduado pela Universidade de São Paulo (USP), onde construiu parte significativa da carreira, foi presidente da Associação Brasileira de Reprodução Humana e Nutrição MaternoInfantil (Renumi, 1975-1988), diretor executivo do Centro de Assistência Integral à Saúde da Mulher (CAISM/Unicamp, 1985-1986), reitor da Unicamp (1982-1986), presidente da Comissão Científica do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (PAISM, 1988-1992), diretor executivo do Instituto da Mulher do Hospital das Clínicas de São Paulo e chefe do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da USP e secretário Especial da Mulher da Prefeitura de São Paulo.

Desenvolveu inúmeras pesquisas relacionadas ao câncer de mama e atuou como professor titular e chefe do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Também foi membro do Conselho Curador da Fundação Zerbini, de 2005 a 2008, e era titular da Academia Paulista de Medicina desde 2005. Ele deixou mais de 1.300 publicações, entre elas 37 livros científicos, e cerca de 450 artigos em revistas e jornais especializados nacionais e estrangeiros. Na política, foi deputado federal eleito por três mandatos e dedicou esforços a melhorar o acesso à Saúde pública e o atendimento à população. Faleceu em julho de 2009, aos 74 anos.

______________________

Os moradores do bairro Nova Cidade e do entorno, na Zona Oeste de Boa Vista, vão receber neste sábado, 14/04, o ‘Assembleia ao Seu Alcance’, que ofertará serviços de saúde com várias especialidades, e fará ainda atendimentos às pessoas por meio dos programas desenvolvidos pelo Poder Legislativo. A ação será realizada das 8h às 12h, na praça que fica localizada na rua Porto Velho. O evento é uma demanda da população daquela região.

______________________

A Escola do Legislativo Cursos Preparatórios – unidade Silvio Botelho, realiza neste sábado, 14/4, o I Encontro Científico Cultural. O evento será realizado na sede da instituição localizada na rua Sólon Rodrigues Pessoa, nº 1.313, no bairro Silvio Botelho, zona Oeste de Boa Vista, com início às 8h e encerramento às 21h.

Mais – A programação inicia às 8h com apresentações das turmas de inglês e espanhol e na sequência, 10h, ocorrerá a entrega de certificados e à tarde serão ministradas as oficinas de informática e noite inicia maratona de aulões.

______________________

A Escola do Legislativo do Núcleo da Assembleia em Mucajaí está com inscrições abertas para os cursos de Inglês e Espanhol, além de Informática, gratuitos. Os futuros alunos receberão material didático e podem se inscrever na sede do Núcleo, localizada na rua Padre Ricardo Silvestre, s/n, no Centro.

As vagas se dividem em Inglês Básico, que terá quatro turmas e capacidade para 20 alunos, cada; Inglês Kids, com duas turmas que podem atender até 21 alunos, cada uma, que acontecerão nos períodos da manhã e tarde. Para Espanhol são 20 vagas divididas em duas turmas, nos turnos da manhã e noite. Para o curso de Informática são 12 turmas com capacidade para 20 alunos nos três turnos (manhã, tarde e noite). As aulas terão início na segunda-feira, 16 de abril.

Além das aulas ofertadas pela Escola do Legislativo, o Núcleo em Mucajaí oferece os programas permanentes da Assembleia Legislativa, como Abrindo Caminhos com aulas de zumba, jiu-jitsu, balé e futebol. Funciona ainda os serviços do Procon Assembleia e do Chame (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), tudo ofertado de maneira gratuita para a comunidade.  O Núcleo fica na rua Padre Ricardo Silvestre, s/n, no Centro do município.

________________________________________________________________________