NOTÍCIAS NACIONAIS – A eleição de Jair Bolsonaro à Presidência do Brasil foi uma das notícias de maior destaque em jornais do mundo todo nesta segunda-feira (29/10). A maioria das publicações, porém, continua lançando alertas e dúvidas sobre como será o governo do ex-militar, que defende políticas de extrema-direita…

0
146

NOTÍCIAS NACIONAIS

ELEIÇÃO 2018

A eleição de Jair Bolsonaro à Presidência do Brasil foi uma das notícias de maior destaque em jornais do mundo todo nesta segunda-feira (29/10). A maioria das publicações, porém, continua lançando alertas e dúvidas sobre como será o governo do ex-militar, que defende políticas de extrema-direita.

O jornal “The New Times” descreveu a relação de Bolsonaro com a bancada religiosa e seus comentários contra mulheres, homossexuais e negros, assim como suas exaltações aos militares e à ditadura no Brasil (1964-1985).

“Longe de desqualifica-lo, seu discurso incendiário ao longo dos anos e durante sua campanha eleitoral atraiu milhões de brasileiros. Muitos veem sua postura disruptiva e de quebra do status quo como a mesma que impulsionou a vitória de Donald Trump em 2016”, escreveu o NYT.

Já o jornal espanhol “El País” disse que, com a eleição de Bolsonaro, “encerra-se uma campanha marcada pela tensão, pela desinformação nas redes sociais e, sobretudo, pelas atitudes antidemocráticas” do candidato do PSL. “Suas amaças e retóricas levam o maior país da América Latina à incerteza e reforçam o auge da extrema-direita em todo o Ocidente”.

O britânico “The Guardian” começou o texto da notícia da eleição de Bolsonaro definindo-o como “um extremista de direita, pro-armas, pro-tortura e populista”, enquanto o “The Economist” continua chamando Bolsonaro de uma “horrível escolha” e condutor de “instintos autoritários”.

“Jair Bolsonaro, militar da reserva, às vezes rude, racista e homofóbico, encarna o candidato do antissistema. Ele tem sido chamado de ‘Trump dos trópicos'”, publicou, por sua vez, o diário francês “Le Monde”.

“Em seu discurso de vitória, ele prometeu defender a Constituição, a democracia e a liberdade”, destacou.

Na Itália, os jornais deram destaque ao fato do vice-premier e ministro do Interior, Matteo Salvini, ter demonstrado alinhamento com Bolsonaro e anunciado que solicitará novamente a extradição de Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua no país europeu.

No entanto, a extradição já foi concedida e só aguarda um posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre se um novo presidente pode derrubar uma decisão tomada por outro presidente, Luiz Inácio Lula da Silva.

“O Brasil muda. Muda radicalmente. Depois de 13 anos de governo de esquerda, chega o governo de direita. Lula foi esquecido, fechado na prisão. Com ele, o odiado Partido dos Trabalhadores, que todos consideram responsável pelo desastre econômico e social no qual o país se afundou”, escreveu o jornal “La Repubblica”.

Na América do Sul, o argentino “Clarín” destacou que o Mercosul não deve ser mais prioridade na política externa brasileira. O jornal citou o futuro ministro da Fazenda e da Economia, Paulo Guedes, que chegou a anunciar que o bloco tinha virado um grupo “ideológico”.

——————————————————————————————————

PRÊMIO

Na última quinta-feira (25/10), a TIM e o Instituto Brasileiro de Estudos de Concorrência, Consumo e Comércio Internacional (IBRAC) celebraram os melhores trabalhos de conclusão de curso sobre Defesa da Concorrência com a entrega do Prêmio IBRAC-TIM 2018. A premiação, que contou com a presença do vice-presidente de Assuntos Institucionais e Regulatórios da TIM, Mario Girasole, ocorreu durante a 24ª edição do Seminário de Defesa da Concorrência em Campos do Jordão (SP).

As categorias contemplaram estudantes de universidades brasileiras ou estrangeiras, que não tenham concluído outro curso de graduação até dezembro de 2017, e para alunos de pós-graduação ou profissionais que possuam, no mínimo, diploma de graduação. Na categoria para alunos de graduação, o primeiro colocado recebeu R$ 5 mil e inscrição gratuita em três eventos organizados exclusivamente pelo Instituto Brasileiro de Estudos de Concorrência, Consumo e Comércio Internacional (IBRAC) em 2019, a critério do vencedor.

Já a categoria de pós-graduação/profissionais premiou o vencedor com R$ 15 mil e a inscrição no 67th Antitrust Law Spring Meeting, organizado pela American Bar Association, em Washington, nos Estados Unidos. Os segundo e terceiro colocados receberam R$ 10 mil e R$ 5 mil respectivamente.

——————————————————————————————————

SÓ O CACAU

A Mondelez International anuncia a expansão do seu programa global de sustentabilidade do cacau, Cocoa Life, no Brasil. O programa tem o objetivo de criar comunidades agrícolas de cacau empoderadas e prósperas, por meio da capacitação dos agricultores com foco na sustentabilidade e rentabilidade do cultivo, garantindo o futuro do chocolate. Cocoa Life já está presente em cinco países que se destacam na produção de cacau: Gana, Costa do Marfim, Indonésia, Índia e República Dominicana.

A companhia já atua com o apoio da produção de cacau no país desde 2014 e aproveitará os aprendizados obtidos para a expansão do Cocoa Life. No Pará, serão investidos cerca de US$ 200.000 por ano, nos próximos três anos, para a capacitação dos produtores e criação de comunidades de cacau prósperas e independentes. Na Bahia, onde os agricultores enfrentam uma infinidade de desafios relacionados ao manejo de culturas, o Cocoa Life fornecerá informações técnicas sobre as mais recentes ferramentas e boas práticas agrícolas para aperfeiçoar a produtividade e qualidade do cacau produzido, além de reduzir o impacto ambiental. Os grãos de cacau produzidos pelas comunidades do Cocoa Life farão parte da cadeia de fornecimento da Mondelez International para a produção dos chocolates centenários Lacta.

A expansão do Cocoa Life no Brasil é o resultado de uma parceria com a The Nature Conservancy (TNC) e seu projeto Cacau Floresta, criado para incentivar a agricultura familiar de baixo carbono, gerar benefícios sociais e econômicos e engajar os agricultores a se comprometerem com práticas zero desmatamento e restauração agroflorestal de áreas degradadas.

Em parceria com Cacau Floresta, a Mondelez International estabeleceu algumas metas para os próximos três anos:

  • Impactar positivamente ao menos 500 agricultores;
  • Implantar seis zonas de demonstração para compartilhar boas práticas agrícolas, promover o manejo ecológico do solo e boas práticas pós-colheita;
  • Transformar 1.000 hectares de áreas de pastagem em agrofloresta de cacau;
  • Reestruturar 750 hectares de fazendas de cacau existentes com novo manejo agroecológico do solo;
  • Restaurar 500 hectares de mata ciliar e proteger bacias hidrográficas.

A Fundação Mondelez International vai expandir o programa “Ação Saudável” para as comunidades onde o Cocoa Life atua, agora no estado do Pará. A INMED – Parceria para Crianças, vai facilitar a atuação do programa, que promove alimentação saudável e práticas de atividades físicas com crianças de escolas públicas. O programa também envolverá o governo local na promoção do bem-estar e beneficiará cerca de 6.000 crianças e outras 18.000 pessoas indiretamente, entre pais, professores e a comunidade em geral. O projeto também também conta com a parceria do Instituto Esporte & Educação (IEE) para conscientização da importância de atividade físicas.

——————————————————————————————————

CONCORRÊNCIA

Lady Driver é um aplicativo de transporte que aplica a sororidade na prática, já que trabalha apenas com motoristas e passageiras mulheres. O projeto nasceu em 08 de março de 2017, a partir de um triste incidente, quando a idealizadora Gabryella Corrêa sofreu assédio de um motorista.

O desafio foi apenas um impulso para o sucesso, fazendo nascer a empresa pioneira no segmento com o objetivo de oferecer maior segurança e tranquilidade a um público que, infelizmente, ainda passa por situações diárias de medo. Não à toa, a empreendedora é vencedora do Prêmio CLAUDIA 2018.

Foi aos 15 anos que Gabryella Corrêa percebeu que tinha potencial para empreender. Começou ajudando o pai, dono de uma oficina, autopeças e transportadora, mas seguiu para seu primeiro voo solo assim que ele se aposentou. Criou sua empreiteira com 78 funcionários, que durou um ano e meio e acabou fechando.

Durante a transição, em 2013, ela passou a gerir toda alimentação dos operários que trabalhavam nas obras de construção das Olimpíadas, no Rio de Janeiro.

Quando a ideia era apenas um embrião, em março de 2016, Gabryella percebeu que precisava de um investidor e o primeiro grande desafio apareceu: se a maior parte do dinheiro está nas mãos de homens, como explicar para eles o que uma mulher sente e passa em relação a assédio e convencê-los de que a ideia era um bom negócio? A partir desse primeiro passo realizado com sucesso, ela precisava ainda montar uma equipe boa e engajada.

Hoje, o aplicativo conta com mais de 26 mil mulheres motoristas cadastradas e 280 mil passageiras na cidade de São Paulo e região metropolitana, além do Rio de Janeiro. O reconhecimento vem de todos os lados – o serviço é considerado o maior aplicativo feminino do mundo pelo Jornal Financial Times. Os perfis das motoristas vão desde estudantes até senhoras aposentadas que precisavam complementar renda e não encontravam oportunidades no mercado.

Se você também quiser ter uma experiência incrível com a Lady Driver, segue o link do site: https://ladydriver.com.br/ ou baixe o aplicativo.

——————————————————————————————————

EMPREENDIMENTO

Jennifer Lobo – Meu Patrocínio

Foto – Divulgação

Empreendedora, jovem empresária nascida nos EUA, filha de brasileiros, Jennifer Lobo comanda um dos aplicativos de relacionamento que, ao ser lançado em 2015, gerou muita polêmica – o Meu Patrocínio. Com o apoio de um grupo de investidores, a empresária de 30 anos acreditou que ao mundo dos aplicativos e sites de relacionamentos a crise não chegaria e apostou na atrativa oportunidade de negócio que cresce potencialmente em todo o mundo há mais de 10 anos.

Fundadora e CEO do Meu Patrocínio, Jennifer foi a responsável por trazer ao Brasil uma nova tendência e modalidade de relação, baseada em um acordo pré-estabelecido entre homens bem-sucedidos (Sugar Daddies) e suas respectivas Sugar Babies, mulheres jovens, atraentes e ambiciosas.

A aposta inicial estava certa. Em três anos de atividade, o Meu Patrocínio é o maior site de relacionamento sugar do país. Com assinaturas que variam de R$ 199 a R$ 1.000, a plataforma conquistou 600 mil usuários, concentrados principalmente nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Distrito Federal. Os Daddies representam 13% deste total, com idade média de 43 anos e patrimônio de R$ 7,7 milhões. As Babies são 554 mil, universitárias, entre 24 e 28 anos.

Com base no Rio de Janeiro e um escritório em São Paulo, a equipe liderada por Jennifer, responsável também por sites de estilo de vida (EstiloSugar.comOMundoSugar.com), está continuamente prospectando novos negócios para ampliar a presença no mercado de aplicativos de relacionamento. Utilizando a sua experiência e certificação como matchmaker, Jennifer concentra agora os investimentos no lançamento do Meu Match, site com a proposta diferenciada de aproximar casais após uma detalhada avaliação de afinidades e sessões de coaching individuais, de acordo com o plano escolhido.

Sobre o Meu Patrocínio

Primeiro e maior site de relacionamento Sugar do Brasil, o Meu Patrocínio é a rede social mais exclusiva e elitizada do país. O estilo de vida Sugar reúne homens poderosos a mulheres jovens e atraentes para relacionamentos verdadeiros, transparentes, com acordos pré-estabelecidos e expectativas alinhadas. Todos os usuários submetem seus perfis à aprovação individual. São sempre maiores de 18 anos e precisam aderir às condições e termos de segurança do site.

www.meupatrocinio.com

——————————————————————————————————

DESCOMPENSADO

Foto – Divulgação

Uma mulher foi quase agredida dentro de um supermercado localizado na avenida principal de Arapongas ao chamar atenção de um funcionário que maltratava um cachorro. O homem partiu para cima da cliente e ainda a ameaçou de morte.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o funcionário foi flagrado chutando o animal que estava deitado em um corredor. A mulher repreendeu o homem dizendo que ele não podia fazer isso, e então ele partiu para cima dela.

Outros funcionários intervieram para evitar a agressão e o homem saiu correndo. Antes de fugir ele ameaçou a mulher de morte dizendo que iria dar um tiro na sua cabeça.

A PM fez buscas e não localizou o agressor. A polícia também não revelou qual supermercado foi registrada a ocorrência.

——————————————————————————————————

ABANDONO

O assunto não é tão comentado, mas os números são alarmantes. Fundadoras de uma ONG (Organização não Governamental), duas irmãs de Campo Grande (MS) já resgataram mais de dois mil animais em situação de maus-tratos nos últimos 24 meses.

Paola de Sousa Brizuena, 25 anos, conta que ela e a irmã, Natália, sempre foram envolvidas com a causa animal e, desde 2012, se dedicam ao trabalho de resgatar animais em situação de vulnerabilidade. ”Nós ajudávamos outras ONGs com resgates, mas há dois anos resolvemos fundar a Guarda Animal”, explicou.

Segundo Paola, por semestre, a ONG resgata aproximadamente 500 animais somente em Campo Grande. Na maioria dos casos são cães abandonados pelos donos, doentes ou que foram atropelados. ”Nunca resgatamos um cachorro saudável”, disse.

De todos os resgates, o que mais mexeu com a protetora foi uma cadela que foi esfaqueada pelo próprio dono no bairro Coronel Antonino. ”A gente nunca tinha visto algo assim. Sempre resgatamos o animal muito mal de saúde, magro, mas esfaqueado e com as vísceras expostas foi a primeira vez. Isso chocou muito a gente”.

Conforme Paola, apesar de ser pouco divulgado, caso de maus-tratos contra animais são muito recorrentes em Campo Grande. Para diminuir o número de casos, a prefeitura e o Estado deveriam criar leis mais severas.

”Leis mais rígidas ajudariam muito, punir com multas, ter um hospital veterinário público com serviço de castração em massa. Se a pessoa tem animal e não tem condições de cuidar, então que não tenha. Qualquer coisa levam para o CCZ (Centro de Controle de Zoonozes), mas lá não é abrigo”, defendeu.

Em Campo Grande, casos de maus-tratos podem ser denunciados na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista (DECAT) por meio do telefone (67) 3325-2567.

Paola e Natália resgatam animais desde 2012

 Fotos – Arquivo Pessoal

——————————————————————————————————

ARTIGO

Você já se viu como realmente está?

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

flavioviver@gmail.com (*)

Já é de muito tempo o conhecimento, por parte dos psicólogos, da importância da técnica do espelho, quando o paciente consegue se ver através de uma cena protagonizada pelos outros. Dessa forma ele consegue avaliar a si mesmo, utilizando a crítica que usualmente faz aos outros. Assim consegue enxergar com tal clareza que fica difícil continuar se enganando. Quando essa técnica é utilizada em relacionamentos amorosos, ela adquire uma importância bastante significativa; visto que, em geral, o casal tem o desejo de continuar o relacionamento por muito tempo e, diante de tal técnica, algumas pessoas não teriam sequer começado o relacionamento se conseguissem prever o futuro. Claro que esse procedimento técnico não é utilizado com intuito de separar o casal, mas sim para apontar o que eles estão construindo no presente e no futuro.

Numa determinada utilização da técnica do espelho eu, como psicólogo, protagonizei o problema relatado por um casal. Ela reclamava que o marido lhe era grosseiro e a pressionava por meio de uma postura severa. Ela, por sua vez, relatava que diante dessas situações utilizava a birra para se defender, chegando a ficar três dias sem falar com ele, e o ignorava o máximo possível para que ele se sentisse mal. Diante dessas informações eu os dramatizei fazendo um pedido de casamento:

– Você aceita casar comigo? Prometo que serei grosseiro e agressivo quando você não fizer o que eu quero, fazendo você se sentir pressionada a agir como desejo – falou o marido.

– Sim, aceito. É meu sonho viver todos os dias de casada convivendo com alguém grosseiro e ríspido comigo, fazendo eu me sentir culpada quando não agir como esperado. E você aceita casar comigo? Prometo que serei birrenta, e farei você se sentir mal ao te ignorar por três dias seguidos, sempre que eu não aceitar uma situação imposta por você – Respondeu a esposa

– Sim, aceito. É o que mais desejo, ser ignorado e, se possível, humilhado até que a morte nos separe – respondeu o marido.

Então perguntei para eles se aceitariam um pedido de casamento nesses termos, ambos foram honestos em responder que não.

Diante dessa situação foi possível trabalhar o que eles estavam construindo e o que eles esperavam viver nos próximos anos. Mas essas reflexões só têm efeito terapêutico se eles conseguirem se reconhecer diante de um sofrimento e o quanto eles próprios são responsáveis pelo que estão oferecendo ao outro e, consequentemente, a si próprio. Dessa forma, a técnica do espelho se mostra muito eficiente, pois rapidamente se explicita um problema muitas vezes vivido, no entanto, não conversado e, por conseguinte, não resolvido. As técnicas psicológicas têm a função de servir de catalizador, quer dizer, tem o objetivo de apressar o processo de superação dos problemas. Seja ela por meio de uma investigação, explicitação de um problema, ou mesmo para apontar soluções.

@@@Os artigos publicados não expressam a opinião do site é são de responsabilidades exclusivas de seus assinantes

——————————————————————————————————

MAUS TRATOS

Foto – Divulgação

Mais um caso de maus-tratos a animais foi denunciado na sexta-feira (26/10) em Cajazeiras, Sertão da Paraíba. Um homem de nome não identificado espancou uma cadela e depois jogou o animal na rua.

A protetora de animais Cléo Moura foi até o local fazer o resgate, mas, infelizmente já era tarde demais para salvar o animal, que faleceu.

Cléo foi à Delegacia de Polícia Civil e registrou um Boletim de Ocorrência. Ela disse esperar que a justiça seja feita e que o acusado responda por sua atrocidade.

Segundo ela, o suspeito faz sexo com animais, “queima os gatos e depois come e tendo como hábito matar os animais.”, postou Cléo Moura em sua rede social.

——————————————————————————————————

PSORIASIS

Um estudo inédito realizado no Brasil identificou que o impacto da psoríase na qualidade de vida do paciente vai além das lesões visíveis na pele. Publicado na revista científica Journal of Dermatological Treatment, o APPISOT detectou que mais da metade desses pacientes (53%) sofre com outras complicações relacionadas à enfermidade, caracterizada pelo aparecimento de crostas vermelhas, escamosas e espessas na pele. Nesse cenário, a chegada de alternativas de tratamento com mecanismos de ação diferentes dos já existentes amplia o arsenal terapêutico para o combate à doença que atinge cerca de 3 milhões de pessoas no país.

A pesquisa, que envolveu 26 centros de referência em dermatologia em 11 estados brasileiros e mapeou mais de mil pacientes, revelou que as consequências da psoríase podem comprometer o emocional, o físico e a rotina das pessoas diagnosticadas com a doença. Entre as comorbidades relacionadas à enfermidade, a pesquisa identificou que quase 70% dos pacientes sofrem com distúrbios emocionais como ansiedade (39,7%) e depressão (27,1%).

Os dados destacam ainda que o estilo de vida dessas pessoas está ligado ao sedentarismo, já que mais de 60% delas não praticam atividade física. Além disso, a maioria dos pacientes ouvidos possui obesidade (37,1%) ou sobrepeso (36,4%).

Outros aspectos influenciados pela psoríase são a interação social e a vida profissional. O estudo apontou que mais de 40% dos participantes está desempregado. Mais um efeito da doença é o absenteísmo: quanto maior a gravidade da doença, mais dias de trabalho ou estudo perdidos no ano.

Outros pontos levantados na pesquisa retratam o alto consumo de álcool e fumo: 30% declararam beber com frequência, sendo que, destes, 25% declaram consumo abusivo e 16% são fumantes há pelo menos 10 anos, com consumo médio de um maço por dia. Todos esses fatores causam piora na condição geral de saúde e, combinados com outros achados do levantamento, têm possibilidade de trazer ou agravar problemas como obesidade, diabetes, doenças vasculares, renais ou hepáticas, úlcera, infarto do miocárdio e reumatismo.

O diagnóstico da doença é realizado por meio da avaliação do histórico do paciente, quadro clínico e, em alguns casos, exame histopatológico – uma análise microscópica da pele. Na psoríase em placas, a classificação é feita apenas pela análise clínica, por conta da especificidade das lesões. Entre as opções de terapia para a enfermidade estão os tratamentos tópicos, fototerapia e medicamentos sistêmicos orais e biológicos.