NOTÍCIAS DE RORAIMA – Foto – Divulgação – Depois de anos morando fora de Roraima, viveu por muito tempo em Caracas, onde era proprietário de uma famosa clínica de Psicoterapia, o roraimense OSIRES BARBOSA, de tradicional família, agora está atuando em Bogotá, na Colômbia…

0
66

CHEF OSS®

Depois de anos morando fora de Roraima, viveu por muito tempo em Caracas, onde era proprietário de uma famosa clínica de Psicoterapia, o roraimense OSIRES BARBOSA, de tradicional família, agora está atuando em Bogotá, na Colômbia…

Por lá é mais conhecido como Oss®, agora trabalha com gastronomia de distintas culturas do mundo e seus costumes.

Hoje em dia se dedica a exclusivamente a ministrar Cursos de Decoração de Pasteles, em seu atelier em Bogotá e também em distintos países.

É Professor aprovado do International Cake Exploration Societé ICES, sendo representante do ICES para a Colômbia. Também possui Certificado pelo The Knightsbridge PME School of Cake Decorating.

Mais informações:
info@cakesbyoss.com

​+57 (310) 4666881

+57 (320) 4273555

##############################################

BOLETIM IFRR

Aprovações em vestibulares, premiações em olimpíadas nacionais, participações em eventos internacionais, seleção para programas de intercâmbio e desenvolvimento de diversos projetos na área do ensino, pesquisa e extensão são apenas alguns dos destaques alcançados pelos alunos dos cursos técnicos e superiores do Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR).

Não bastasse todos esses resultados positivos para o campus, muitos alunos são aprovados em programas de mestrado e doutorado em várias instituições, mesmo antes de concluírem o curso superior. Esse é o caso da formanda do curso superior de Licenciatura em Ciências Biológicas Danielle de Lima Bezerra. Ela foi aprovada para cursar o mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências (PPGEC) da Universidade Estadual de Roraima (Uerr).

Com o projeto de pesquisa intitulado “Formando educadores ambientais nos espaços não formais para a educação básica focada no desenvolvimento sustentável numa perspectiva de transversalidade”, a estudante pretende comprovar que a educação ambiental pode ser trabalhada em todas as disciplinas, e não somente pelos professores de Ciências ou Biologia.

Danielle concluirá a Licenciatura em Ciências Biológicas no fim deste ano e fala com satisfação dessa conquista.

Sobre sua trajetória na instituição, ela conta que sempre sonhou em estudar no IFRR.

Estágio – Foi no estágio realizado na rede pública de ensino que Danielle descobriu sua paixão pela docência e revela um sonho: quer voltar à instituição como professora. “Fiz meu primeiro estágio na Embrapa, onde também aprendi muito, tive contato com pesquisadores e doutores muito conceituados da minha área de formação. Mas, quando fui para a sala de aula, tive a certeza de que quero ser mesmo é professora. Eu ainda serei professora do IFRR. Nunca me decepcionei com esta instituição. Só tenho boas recordações. Então, nada mais justo do que voltar como servidora”, segredou emocionada.

Danielle é o exemplo de como um jovem obstinado alcança seus objetivos. Ela conta que, apesar de ter enfrentado muitas dificuldades, como a perda da mãe e os problemas de saúde do pai, não desanima e segue relembrando os conselhos que a genitora lhe dava quando ainda era criança.

 *********************************************

 

Nesta sexta-feira, 16/11, a partir das 13 horas, no ginásio poliesportivo do Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR), ocorre mais uma edição do IF KaRRt, a competição de carrinhos mecatrônicos mais famosa de Roraima.

IF KaRRt – O objetivo principal é consolidar a sensibilização para a reutilização de materiais que seriam descartados no meio ambiente e transformá-los em tecnologias sociais.  Além disso, o projeto visa integrar os alunos cursistas de disciplinas propedêuticas com as técnicas, auxiliando-os no desenvolvimento de habilidades e competências necessárias na vida acadêmica e profissional.

O projeto é desenvolvido com base nos conceitos Reduzir, Reutilizar e Reciclar (três erres), com vistas à sustentabilidade.

Para participar da 7.ª edição da competição, foi necessário preencher um formulário on-line, disponibilizado por três meses, informando os nomes dos componentes da equipe, que deve ter no máximo três integrantes. Esse projeto é direcionado aos alunos dos cursos técnicos em Eletrônica, Eletrotécnica e Informática das modalidades integrado integral, subsequente e Proeja de qualquer escola (municipal, estadual, federal e particular) do Brasil, bem como à comunidade em geral.

O organizador do evento e coordenador do curso Técnico em Eletrônica do CBV, professor Heitor Hermeson de Carvalho Rodrigues, explica que o projeto tem um cunho pedagógico interdisciplinar.

A comissão organizadora destaca a significativa participação de outras instituições de ensino, além do IFRR, que concentra o maior número de participantes: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR) – 61%; Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI); Universidade Federal de Roraima (UFRR); Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília/Campus São Sebastião (IFB); Escola Estadual Professora Diva Alves de Lima; Faculdade Estácio Atual; Escola Cantinho de Cristo; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR); Escola Adventista de Roraima; Referencial e Escola Municipal Jesus de Nazaré.

O evento é aberto à comunidade em geral. Ninguém deve ficar de fora!

##############################################

BOLETIM ALERR

A última sexta-feira do mês, dia 23, será dedicada à Black Friday, campanha de descontos promovida pelo comércio. Mas desde o início de novembro os lojistas iniciaram promoções para atrair clientes. O Procon Assembleia orienta os clientes a fazerem uma pesquisa de preço antes de adquirir o produto desejado.

Uma das dicas dadas pela diretora diz respeito à seriedade do site. Antes de comprar é preciso verificar se realmente o site é confiável.

E como saber isso? Conversando com os amigos, pesquisando o índice de satisfação de quem já comprou, se há reclamação quanto à entrega do produto e se isso foi feito no tempo estabelecido.

Os consumidores podem acessar o endereço eletrônico www.reclameaqui.com.br e colocar o nome da empresa para verificar quantas vezes ela foi alvo de reclamação, e se, principalmente, resolveu o problema do cliente após ser reclamada.

ARREPENDIMENTO – Segundo Eumária, o direito de arrependimento, no caso das compras feitas via internet, também está garantido nas compras feitas na Black Friday.

Há casos em que o lojista até informa qual é o defeito do produto para que o cliente fique ciente de que está muito abaixo do preço por conta da avaria.

Em caso de dúvida, o consumidor também pode procurar a instituição, localizada na Rua Agnelo Bittencourt, 232, Centro, ou ligar para 0800 095 0047.

BLACK FRIDAY – A Black Friday nasceu nos Estados Unidos e chegou ao Brasil em 2011. Inicialmente funcionava para compras online. Mas com o sucesso das vendas, as promoções se estenderam para o comércio varejista físico. Nos Estados Unidos ocorre após o Dia de Ação de Graças, quando se agradece por todas as coisas boas ocorridas durante o ano, ou seja, celebra-se no dia seguinte à quarta quinta-feira do mês de novembro.

*********************************************

A Escola do Legislativo – Unidade Silvio Botelho, abriu a partir da tarde de quarta-feira (14/11) inscrições para o curso intermediário da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O pré-requisito básico para ingressar nesta turma é a apresentação do diploma de conclusão do curso básico no ato da matrícula, feito em qualquer instituição de ensino.

As aulas iniciarão no dia 29 de dezembro, com carga horária de 30 horas. No total estão sendo ofertadas 100 vagas. Os alunos que fizeram o curso básico em outra instituição de ensino, conforme explicou a diretora da Escola do Legislativo, Cristina Mello, devem apresentar no ato da matrícula além do diploma, cópias do comprovante de residência, da carteira de identidade e CPF (Cadastro de Pessoa Física).

##############################################

ABRANGENTE

A partir de agora, a lei passa a proteger os pacientes ou usuários de medicamentos que precisarem viajar para outros estados, dando a eles a garantia de que a sua receita terá validade em qualquer estado, independente da unidade federada em que tenha sido emiti­da. A validade abrange, inclusive, os remédios sujeitos a controle sanitário especial e também os manipulados.

Este é o teor da Lei 13.732, de 8 de novembro de 2018, que foi sancionada pelo presidente Michel Temer e passa a vigorar dentro de três meses. Publi­cada no Diário Oficial do dia 9 de novembro de 2018, ela altera a Lei 5.991, de 17 de dezembro de 1973, que dispõe sobre o Controle Sanitário do Comércio de Drogas, Medi­camentos, Insumos Farmacêuticos e Correlatos, para definir que a receita tem validade em todo o território nacional, independente da unidade federada em que tenha sido emitida.

A nova lei tem origem no substitutivo da Câmara dos Deputados (SCD 4/2018) ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 325/2012, aprovado na Casa no dia 16 de outubro. Pelo texto sancionado, a receita médica ou odontológica valerá em todo o país, inde­pendentemente do estado em que tenha sido emitida. A regra vale inclusive o de medica­mentos sujeitos ao controle sanitário especial, nos termos disciplinados em regula­mento.

O objetivo da proposta do ex-senador Jayme Campos (MT) é permitir que o cidadão possa adquirir os medicamentos de que necessita onde quer que esteja, inclusive os sujeitos a controle especial. Na Câmara dos Deputados, o texto foi alterado para dar nova redação ao parágrafo único do artigo 35 da Lei 5.991, de 1973, que trata do controle sanitário do comércio de medicamentos, em vez de incluir um novo parágrafo, como previa o projeto original do Senado.

“Aqui na Câmara, os deputados estenderam a permissão aos medicamentos sujei­tos ao controle sanitário especial por entendermos ser necessário explicitar os medica­men­tos sob controle especial, uma vez que, na prática, são os únicos remédios cujas receitas não podem ser aviadas fora do estado em que tenham sido emitidas”, explicou Hiran Gonçalves.

A Lei sancionada pelo presidente da República diz, em seu artigo 1º, que o pará­grafo único do artigo 35 da Lei 5.991, de dezembro de 1973, passa a vigorar com a seguin­te redação: “O receituário de medicamentos terá validade em todo o território nacio­nal, independentemente da unidade da federação em que tenha sido emitido, inclusi­ve o de medicamentos sujeitos ao controle sanitário especial, nos termos disciplinados em regula­mento”.