NOTÍCIAS NACIONAIS – A Tencent, proeminente provedora de serviços de Internet com valor agregado da China, anunciou seu apoio à restauração do Museu Nacional brasileiro, destruído por um incêndio, reproduzindo artefatos com base em informação digital…

0
79
A cerimônia de assinatura do documento “O renascimento de Luzia – o Museu Nacional Digital do Brasil” (PRNewsfoto/Tencent)

JÁ BASTA!!!

Foto – Divulgação

Uma família foi passar um dia divertido no Parque do Beto Carrero em Santa Catarina, porém no parque existe um “zoológico” onde os animais ficam em exposição como objetos.

Na parte onde os cavalos ficam, o público podia inclusive passar a mão nos animais, e eles apresentavam alto nível de estresse, alguns com a cabeça encostada nas paredes e outros com o olhar extremamente assustado.

Os elefantes, no momento de exposição, ficam em recintos pequenos e ficam muito assustados com o público. As girafas estavam magras e estressadas.

A família gostaria que a administração colocasse os animais em recintos maiores, onde o visitante só pudesse ver o animal de longe, como é no passeio de trem. Animal não é um objeto, precisamos mostrar às crianças que os seres vivos merecem respeito.

########################################################

AMBIENTE

As empresas estão sendo desafiadas a fornecer um “local de trabalho onipresente” que permita que seus colaboradores sejam produtivos onde quer que estejam, e os fornecedores de serviço estão respondendo com novas soluções de ambiente de trabalho digital que entregam suporte mais flexível, colaborativo, baseado em nuvem e automatizados, de acordo com o novo relatório da Information Services Group, uma empresa global de pesquisa e consultoria em tecnologia.

O relatório ISG Provider Lens Digital Workplace of the Future para o Brasil diz que as empresas voltadas para o futuro estão reavaliando como o trabalho é feito e reinventando os papéis que sustentam o negócio. Eles estão contratando consultores que usam design thinking, analytics e automação para mapear o trabalho para “personas” específicas.

O objetivo é aumentar a produtividade e a criatividade e melhorar os resultados de negócios expandindo o acesso às informações e ferramentas em nuvem que permitem que os funcionários trabalhem a qualquer momento, em qualquer lugar e em qualquer dispositivo.

Os serviços do local de trabalho estão sendo reconfigurados para aproveitar assistentes virtuais ou chatbots para resolver problemas.

Com ambientes de trabalho mais automatizados, com autoatendimento e mobilidade, a ISG vê uma eliminação gradual dos serviços de campo, mas observa que ainda é necessário que os humanos treinem bots de IA, revisem e aprovem algoritmos de aprendizado de máquina e projetem as melhorias de serviços, entre outras atribuições de alto nível.

O Device-as-a-Service está crescendo em popularidade, segundo a ISG, com os provedores lidando com todo o ciclo de vida de aquisição-descarte-atualização, simplificando o processo por meio de quiosques e máquinas de entrega automática em alguns casos. As empresas também buscam a “neutralidade de dispositivos”, com lojas de aplicativos que permitem que os usuários escolham qualquer dispositivo e instalem aplicativos de negócios, apoiando o crescimento do movimento BYOD (Bring Your Own Device).

O relatório da ISG também cita o uso de ferramentas integradas de gerenciamento do ambiente de trabalho para monitorar dinamicamente a localização, o uso de aplicativos e o acesso a dados, com análises em tempo real acionando configurações automatizadas para permitir ou negar acesso e até mesmo apagar dados de dispositivos perdidos ou roubados.

Plataformas de colaboração baseadas na nuvem que combinam VoIP, vídeo e chat – como o Skype for Business, Google Hangouts, GoToMeeting, Zoom, WebEx e Slack – estão substituindo a telefonia tradicional, diz a ISG. A colaboração social também está no centro das atenções, com mensagens instantâneas substituindo as plataformas de e-mail e compartilhamento de arquivos usados no lugar dos anexos.

O relatório ISG Provider Lens Digital Workplace of the Future avalia 24 provedores que atendem o mercado brasileiro em cinco quadrantes: Digital Workplace Consulting Services; Serviços Gerenciados de Digital Workplace (grandes empresas); Serviços Gerenciados de Mobilidade Empresarial (grandes empresas); Serviços Gerenciados de Digital Workplace e Mobilidade (empresas médias); e Serviços de Comunicações Unificadas e Colaboração.

O provedor global IBM e a multinacional brasileira Stefanini se destacaram ao serem nomeadas líderes em quatro dos cinco quadrantes. Líderes em três dos quadrantes foram DXC Technology, Unisys e Wipro. Outros líderes são a Accenture e as empresas brasileiras Algar Tech, ilegra, Sonda e TIVIT. Outras empresas brasileiras avaliadas no relatório são a ConnectCom, a Dedalus Prime, a NetExperts, a Nexa, a SantoDigital, a TenoComp e a Vexia.

O relatório ISG Provider Lens? Digital Workplace of the Future para o Brasil está disponível para assinantes da ISG Insights.

########################################################

PARCERIA

A Tencent, proeminente provedora de serviços de Internet com valor agregado da China, anunciou seu apoio à restauração do Museu Nacional brasileiro, destruído por um incêndio, reproduzindo artefatos com base em informação digital.

A cerimônia de assinatura do documento “Renascimento de Luzia – Museu Nacional Digital Brasileiro” foi realizada na embaixada do Brasil em Pequim, em 16 de novembro de 2018. Marcelo Azevedo, chefe da seção das indústrias criativas da embaixada, Alexander W. A. Kellner, diretor do Museu Nacional brasileiro, e Ye Jun, vice-presidente de produtos de navegação móvel da Tencent, participaram da cerimônia.

Com base no conteúdo digital existente do museu, a Tencent criará um museu on-line, usando o Tencent Lens, um recurso de reconhecimento de imagem de seu navegador QQ Browser. Os visitantes poderão ler informações sobre os artefatos, uma vez digitalizadas as imagens com o Tencent Lens ou o Mr. Bowu, um miniprograma da Tencent. Guias de áudio e imagens do Museu Nacional brasileiro também poderão ser acessados através do miniprograma.

A Tencent e o Museu Nacional brasileiro também irão convidar turistas chineses a compartilhar imagens, vídeos e outros registros que fizeram durante visitas ao museu antes do incêndio, a fim de ajudar na recuperação das relíquias culturais. O navegador QQ Browser irá exibir o conteúdo valioso para visualização pública no futuro.

A Tencent e o Museu Nacional brasileiro estão planejando lançar a campanha em 2019.

########################################################

DIABETES

Durante uma ação de conscientização do Dia Mundial do Diabetes, a BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo (SP) com o apoio da HMD Brasil, fabricante do glicosímetro de alta precisão GlucoLeader, realizou mais de 300 testes de glicemia gratuitos no Shopping Pátio Paulista.

Com o objetivo conscientizar e alertar população para este sério problema de saúde pública mundial que já atinge 12,5 milhões de brasileiros e 425 milhões de pessoas em todo o mundo de acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), os profissionais da saúde presentes no evento buscavam explicar os perigos da diabetes não tratada e incentivar a realização do teste de glicemia, feitos com os glicosímetros GlucoLeader de alta precisão da HMD Brasil, empresa especializada no desenvolvimento de novas tecnologias para o controle efetivo do diabetes.

Segundo Talita Pavarini, enfermeira e docente da escola de enfermagem da BP e responsável pelo evento, a maior parte das pessoas que passaram pela ação não checavam a glicemia há um bom tempo e mostraram preocupação e interesse em realizar o teste.

O Brasil já ocupa o 4ª lugar entre os países com maior número de indivíduos que desconhecem seu diagnóstico, algo que preocupa – e muito – os profissionais da saúde, já que o sedentarismo, a obesidade e genética familiar, por exemplo, podem acarretar o diabetes tipo 2 e ainda ser o ponto de partida para o acidente vascular cerebral (AVC), infarto e a cegueira entre várias outras complicações.