NOTÍCIAS INTERNACIONAIS – Foto – Divulgação Cristiano Ronaldo e os franceses Kylian Mbappé e Antoine Griezmann disputarão o prêmio de melhor jogador na 10ª edição do Globe Soccer Awards, que será realizada no hotel Madinat Jumeirah em Dubai no dia 3 de janeiro de 2019…

0
39
Cristiano Ronaldo, Kylian Mbappé and Antoine Griezmann will fight it out for the Best Player Award at the 10th edition of the Globe Soccer Awards.

FÁBRICA

Foto – Divulgação

O departamento de polícia do condado de Worth tem recebido ligações a respeito do White Fire Kennel, um criadouro de cães na divisa entre Minnesota e Iowa, desde a primavera.

Grupos de direitos dos animais reclamaram das condições de superlotação e de cães sem água limpa.

Durante meses, o departamento do xerife tentou convencer o proprietário a melhorar as condições. Talvez desistir de alguns dos cachorros, pelo menos.

Finalmente, em 12 de novembro, um mandado de busca permitiu que o departamento do xerife e a American Society for the Prevention of Cruelty to Animals (ASPCA) interviessem. Eles não gostaram do que encontraram.

Cerca de 170 samoiedas, conhecidos por sua pelagem branca e fofa e suas expressões de ursinho de pelúcia, estavam amontoados em canis “em ruínas”. Havia pouco para proteger os cães das temperaturas abaixo de zero do lado de fora. Os pisos eram em sua maioria terra, ou às vezes madeira, encharcados de lama e fezes. Os pelos parecidos com nuvens dos animais estavam sujos e emaranhados. Alguns não socializavam e estavam isolados e aterrorizados.

Frank está na polícia há quase duas décadas. Este foi o primeiro criadouro de filhotes em que ele esteve. Mas a ASPCA já passou por aquilo algumas vezes. Muitas instalações de reprodução economizam ao máximo para maximizar os lucros, contou o vice-presidente Tim Rickey em um comunicado, e os filhotes que eles produzem em geral acabam com “problemas de saúde e de comportamento”.

O departamento do xerife e a ASPCA trabalharam para levar os cães para moradias temporárias em um local não revelado, onde receberam exames médicos, avaliações de comportamento e muitos brinquedos e presentes.

A investigação ainda está em andamento e as cobranças ainda estão pendentes.

########################################################

HORROR

Foto – Divulgação

Mais uma vez o ser humano mostra o pior, e desta vez foi um animal indefeso que teve que padecer horas de sofrimento e tortura até morrer. O caso de crueldade extrema ocorreu na semana passada no Bairro Nuevo Garupá, de Garupá, Argentina, onde uma mulher e seus filhos jogaram água fervendo e plástico quente em seu próprio cão, que agonizou de dor até morrer.

Muitas pessoas os chamam de melhores amigos do homem, esses seres de quatro patas que somente buscam carinho e brindam amor, mas muitos deles enfrentam realidades tão cruéis que seus corpos não conseguem tolerar, realidades provocadas pelo homem. Neste caso, foi um cão que teve que suportar dores tão fortes que o levaram à morte.

Protetores chegaram ao local, mas o animal já não aguentava de dor e morreu antes de ser atendido. A denúncia já foi feita à polícia de Garupá, mas sem testemunhas, os vizinhos que avisaram o que aconteceu não foram testemunhar contra os fatos. A Associação El Refugio de Animales pede que qualquer pessoa que tenha visto este caso atroz de maus-tratos seguido de morte se apresente e denuncie, que seja a voz destes pequenos peludos que morrem em silêncio pelo desinteresse e maldade do ser humano.

Nas imagens que chegaram até Misiones Online, pode-se ver como a pelagem se desgrudou da pele por causa da água quente, a dor física que este animal suportou ninguém pode imaginar, além da tristeza que deve ter sentido por ter sido agredido por quem deviam protegê-lo e cuidá-lo.

A denúncia foi registrada na polícia de Garupá pelos protetores do El Refugio de Animales, mas precisam de testemunhas para ampliar a denúncia e que este caso não fique impune como tantos outros. É por isso que solicitam a qualquer pessoa que tenha visto o que aconteceu que se apresente e denuncie, não ignore o ocorrido e se comprometa. A sociedade não deve permitir que continue a acontecer casos de maus-tratos a animais.

########################################################

ESTUDO

Um novo e altamente esperado estudo que demonstra significativas reduções no custo para a captura e armazenamento de carbono (CCS – carbon capture and storage) foi publicado dia 28/11, pelo International CCS Knowledge Centre (Knowledge Centre). A publicação coincide com a Cúpula Internacional de CCS (International CCS Summit) realizada pelo Governo do Reino Unido e pela Agência Internacional de Energia (IEA – International Energy Agency).

Profundas reduções no custo do capital – uma redução de 67% por tonelada de CO2 capturado no estudo de caso fornecido no relatório – é uma das principais descobertas do Estudo de Viabilidade da CCS em Shand (Shand CCS Feasibility Study) do Knowledge Centre. Para uma tecnologia que foi considerada como cara, o relatório é uma ótima notícia para aqueles que reconhecem o papel essencial que a CCS deve ter na abordagem das mudanças climáticas.

É amplamente aceito que a CCS aplicada, tanto na indústria quanto na geração de energia com intensas emissões, tem um papel crítico na redução das emissões de gases de efeito estufa (GEEs). Em um relatório recente sobre os impactos do aquecimento global de 1,5°C, o Painel Intergovernamental sobre as Mudanças Climáticas destacou a importância única das tecnologias de CCS para alcançar os objetivos climáticos. Com a disponibilidade da redução significativa do custo com base na experiência na operação e no design, obtida a partir de projetos anteriores, e na inovação adicional ainda por vir, a CCS está agora se posicionando em uma série de setores para exercer um papel crítico na realização dos objetivos climáticos.

O Estudo de Viabilidade da CCS em Shand é baseado em um estudo independente de construção e design do projeto CCS da Represa Boundary 3 da SaskPower. Além das reduções de custo, os principais resultados do Estudo de Viabilidade da CCS em Shand incluem:

  1. Um design que garante capacidade melhorada de resposta para a demanda flutuante de energia por parte dos clientes, a qual é cada vez mais necessária em sistemas de energia, os quais demonstram níveis crescentes de energia renovável variável tal como eólica e solar;
  2. Um design que minimiza as necessidades de água; e
  3. Uma redução significativa na complexidade do processo, permitindo a maximização dos ganhos.

Leia o resumo ou o relatório completo on-line no endereço https://ccsknowledge.com/news.

Dados Resumidos

Estudo de Viabilidade da CCS em Shand (Estudo Shand)

  • O Estudo Shand foi realizado de acordo com as orientações da Associação Americana de Engenharia de Custos (AACE – American Association of Costing Engineers) para uma estimativa de classe 4 e utilizou inovadoras abordagens em design e tecnologias, levando a resultados econômicos encorajadores para a CCS no futuro.
  • O estudo mostra que, comparado com o projeto de CCS da Represa Boundary 3 (BD3), um sistema CCS em Shand poderia apresentar reduções no custo de capital de 67% por tonelada de CO2 capturada, bem como 92% de economia potencial no custo de capital da integração da usina de energia.
  • Com base no modelo, o custo nivelado do CO2 capturado é calculado em US$ 45/tonelada.
  • A CCS da segunda geração pode capturar mais emissões em cargas mais baixas (ou seja, geração de energia) de forma que uma taxa de captura de mais de 90% é possível. Isto significa que a CCS tem o potencial de se integrar bem com energias renováveis, as quais fornecem cargas variáveis. A taxa de captura de COpoderia ser de até 97% a uma carga elétrica de 62%.
  • O sistema CCS em Shand seria projetado sem a necessidade de água adicional, diminuindo uma importante restrição para modernizações e expansões para a operação de usinas térmicas.

    Neste local, até 140.000 toneladas por ano de cinzas volantes poderiam ser vendidas para o mercado de concreto (sujeito à demanda), o que poderia compensar as emissões na produção de concreto. Isso se compara com uma potencial redução líquida de 125.000 toneladas de CO2 todos os anos, resultando em uma instalação com emissões líquidas negativas de CO2.

  • A capacidade nominal do projeto CCS em Shand é de 2 milhões de toneladas de CO2 capturadas por ano – duas vezes a capacidade inicial da BD3 (esta economia de escala reduz os custos).

Links com as mudanças climáticas

  • A CCS é considerada essencial em três dos quatro caminhos para manter o aquecimento global dentro de 1,5oC – conforme o Painel Intergovernamental sobre as Mudanças Climáticas: Aquecimento Global de 1,5 grau Celsius (Global Warming of 1.5 Degrees Celsius)
  • A maior parte do mundo não pode atingir os objetivos das emissões sem a CCS – e para aqueles que podem, o aumento médio do custo da diminuição é de 138% – Painel Intergovernamental sobre as Mudanças Climáticas: IPCC AR5 2014.

Links da CCS

########################################################

REPENSE

Foto – Divulgação

Graças aos esforços corajosos dos investigadores e denunciantes disfarçados, a dura realidade da pecuária industrializada, também conhecida como pecuária industrial, tornou-se um conhecimento mais comum. No entanto, muitas pessoas ainda são enganadas pelos comerciantes sobre os grandes produtores de carne e laticínios e acreditam que as vacas leiteiras vivem em pastagens verdejantes idílicas e gostam de ser ordenhadas.

Esses comerciais de “vacas felizes” falham em mostrar as verdadeiras condições das fazendas de gado leiteiro, que são na melhor das hipóteses cruéis, com vacas alinhadas em fileiras como mercadorias, pisos normalmente inundados de urina e excrementos e máquinas de ordenha dolorosas que causam ferimentos e infecções como a mastite. Vacas leiteiras são fecundadas à força por métodos antinaturais, apenas para ter seus bebês arrancados ao nascerem, para que o leite produzido naturalmente para os bezerrinhos possa ser dado aos seres humanos. De lá, os bezerros são enviados para cabanas para serem mortos pela vitela ou criados para se tornarem a próxima geração de vacas leiteiras. E sim, quando as vacas leiteiras param de produzir leite suficiente, elas são abatidas.

A organização Unparalleled Suffering levou ao Facebook para compartilhar a realidade sombria das fazendas de gado leiteiro. A imagem mostra um bezerro recém-nascido, ainda coberto de líquidos do nascimento, sendo alimentado à força com uma mangueira. O que há nessa mangueira? Leite com colostro valioso, leite de outra vaca na fazenda, não da própria mãe do bezerro. Verdadeiramente desolador.

As vacas são seres altamente emocionais e sociais que formam laços fortes, e as mães geralmente choram de angústia quando seus bebês são levados, sendo que algumas vacas conseguem escapar para perseguir caminhões que transportam seus bebês.

########################################################

NÃO MERECE

Foto – Divulgação

Nós não merecemos os cachorros. É sério. E isso é verdadeiro em especial para o “dono” deste belo Pit Bull de um ano chamado Max, que foi encontrado acorrentado de forma tão estreita a uma árvore que ele não podia se mover.

Max foi encontrado com um cadeado preso tão apertado em seu pescoço que ele estava pressionado contra o tronco de uma pequena árvore. Isto significava que ele foi forçado a se sentar em suas próprias fezes e urina e a ficar cada dia mais magro porque não tinha liberdade suficiente de movimento para chegar até a água ou comida. Não que seu cuidador tenha sequer se dado ao trabalho de lhe fornecer algo.

Kerry Haney, uma voluntária do Don’t Bully Us Rescue recebeu centenas de telefonemas, mensagens de textos e notificações do Facebook sobre um pobre cachorro acorrentado em Swedesborough, e isto foi o que ela encontrou. Levou cerca de uma semana para a Polícia falar com o proprietário de Max (que desde então foi processado) antes que Max pudesse ser transferido para o abrigo de animais no Condado de Gloucester para ser examinado.

É fácil ver porque todo mundo se apaixonou por Max. A despeito de nunca ter experienciado o que é ser um cachorro por causa dos movimentos limitados, Max mostrou nada além de afeição para com todo mundo que o ajudou desde o seu resgate.

De início, o abrigo iria manter Max, mas quando seus testes deram positivo para a dirofilariose (verme do coração) e ele falhou em alguns de seus testes comportamentais, o abrigo recorreu ao Don’t Bully Us Rescue, que estava feliz por ajudar.

Max atualmente recebe treinamento sobre como ser um filhote! Este pobre garoto não tem a menor ideia; como ele poderia quando passou a maior parte de sua vida no pior cativeiro? Max está agora em lar temporário com Kelly Haney.  Haney said: “Max é um filhote em um corpo de meninão. É claro que ele nunca chegou a brincar como um filhote, então ele tem toda a (mesma) energia de um filhote e brincadeiras de um filhote de dezesseis semanas! Ele ainda não tem modos, mas estamos trabalhando nisto”!

Isso sempre irá nos enfurecer e confundir que pessoas peguem animais de estimação apenas para tratá-los como o pequeno pobre Max foi. Por que perder seu tempo e esforço em pegar um animal para maltratá-los e negligenciá-los? É preciso um tipo especial de pessoa para se sentar e assistir a um animal se consumir; é por isso que temos que nos tornar uma nação de adotantes de cães, para dar a cachorros como Max lares que estão cheios de amor ao invés de crueldade.

O Don’t Bully Us Rescue trabalha duro para mudar a atitude das pessoas a respeito de Pit Bulls, ao resgatar cachorros como o pobre Max bem como educar o público e promover a guarda responsável. Este bonito trabalho vem com um custo e depende muito de voluntários bondosos e doações generosas. Se você está interessado em conhecer mais ou até fazer uma doação, visite sua página no Facebook. Embora esteja avisado; não podemos garantir que você não se apaixone por um de nossos belos cachorros!

########################################################

VISTOS

O Ministério das Relações Exteriores do Reino dos Países Baixos concedeu à VFS Global a licitação mundial para oferecer serviços de vistos em oito de nove regiões de todo o mundo.

Sob este novo mandato, a VFS Global vai, em todo o mundo, significativamente ampliar suas operações em nome do Reino dos Países Baixos.

A VFS Global vai operar para o governo dos Países Baixos na África, América do Norte, América Central e do Sul, Ásia e Pacífico, Europa oriental, Oriente Médio, na Europa ocidental e na Índia.

########################################################

INOVAÇÃO

Foto – Divulgação

O “Estrelas da Ciência” (Stars of Science) anunciou que Walid Albanna foi eleito o melhor inovador do mundo árabe, na grande final da 10ª temporada do programa.

Forte favorito dos jurados, dos inovadores e do público, o neurocirurgião palestino de 35 anos brilhou mais que os demais concorrentes no acalorado episódio final da última temporada do programa televisivo de entretenimento educativo da vida real (reality show) da Fundação Catar (QF — Qatar Foundation), no Parque de Ciência e Tecnologia de Catar (QSTP – Qatar Science and Technology Park) em Doha, Catar.

Antes da grande final no dia 24/11, fãs entusiasmados do programa e entusiastas da ciência e tecnologia acessaram a internet para dar seus votos a um dos quatro finalistas. A combinação da votação pública on-line com os votos do júri de especialistas atribuiu uma pontuação de 32,5% ao “Analisador de Retina Vascular” de Walid. A câmera inteligente de retina utilizada aumenta a qualidade do pós-tratamento de pacientes que sofreram acidente vascular cerebral (AVC) e isso rendeu a Walid o primeiro lugar na competição e um investimento de $ 300.000.

Os jovens árabes de todo o mundo, que estiverem interessados em ciência, inovação, tecnologia e empreendedorismo, são encorajados a se inscrever, para serem considerados para participação na próxima temporada do “Estrelas da Ciência”. As inscrições on-line se encerrarão em 15 de dezembro. As inscrições devem ser submetidas através do website oficial do “Estrelas da Ciência” em http://www.starsofscience.com.

########################################################

DO SER (INU) HUMANO

Foto – Divulgação

Imagens de tosquia de lã, filmadas por ativistas em 49 fazendas, revelam animais sendo chutados, esbofeteados e espancados com tosquiadeiras de metal

Ativistas dos direitos dos animais divulgaram imagens que revelam ovelhas sendo chutadas, espancadas e agredidas durante a tosquia em fazendas inglesas e escocesas.

A Peta Asia realizou uma investigação secreta durante o verão na indústria britânica de tosquia de ovelhas. Os 18 minutos de filmagem divulgados em 15 de novembro são parte de uma investigação mais ampla, na qual a Peta documentou supostos maus-tratos em 25 fazendas nos condados de Buckinghamshire, Hertfordshire, Suffolk, Essex e Northumberland. Na Escócia, eles coletaram evidências de 24 fazendas em West Lothian, Fife, Borders, Dumfries e Galloway, East Lothian, Midlothian e South Lanarkshire.

A nova filmagem parece revela trabalhadores a xingar os animais enquanto os chutam no rosto e batem com suas cabeças no chão. Em uma cena, um trabalhador bate diversas vezes a cabeça de uma ovelha no chão durante a agressão. Em algumas das filmagens, os tosquiadores, nenhum deles identificado, espancam os animais com tosquiadores de metal e os jogam de suas plataformas de tosquia no chão. Em outras partes, quando as ovelhas tentam se mover durante o processo de tosquia, os trabalhadores parecem empurrar suas botas pesadamente sobre a cabeça e o pescoço dos animais, chutando e dando tapas no rosto.

A filmagem também revela alguns ferimentos graves, com cortes de lã rápidos e grosseiros, deixando feridas abertas nos animais.

A Peta enviou as imagens à Suffolk Trading Standards e à Scottish SPCA, junto com alegações documentadas contra trabalhadores específicos, que descrevem os referidos maus-tratos aos animais.

O grupo também pediu a Lorde Gardiner de Kimble, e ao ministro escocês de assuntos rurais, Mairi Gougeon, que introduzissem câmeras de circuito fechado de TV obrigatórias em estábulos de ovelhas.

Ela disse que novas imagens foram divulgadas para encorajar os consumidores a pararem de comprar lã.

########################################################

CONCORRÊNCIA

Cristiano Ronaldo e os franceses Kylian Mbappé e Antoine Griezmann disputarão o prêmio de melhor jogador na 10ª edição do Globe Soccer Awards, que será realizada no hotel Madinat Jumeirah em Dubai no dia 3 de janeiro de 2019.

O craque da Juventus e a dupla campeã do mundo pela França lideram as indicações para a tradicional cerimônia de premiação, que será realizada com a 13ª Conferência Esportiva Internacional de Dubai, organizada pelo Conselho Esportivo de Dubai.

Patrocinado por Dubai Holding, Meraas, Audi e Emirates, o Globe Soccer Awards faz parte do Grand Slam de cerimônias de premiação de futebol, ao lado do Ballon D’Or e o prêmio The Best da FIFA.

Cristiano Ronaldo é o único jogador a ter vencido os três prêmios no mesmo ano – feito que realizou em 2016 e também em 2017.

O ídolo português, recordista com quatro títulos e oito indicações, espera conquistar o seu terceiro Globe Soccer Award consecutivo de melhor jogador, mas tem pela frente os franceses Griezmann e Mbappé, que encantaram o mundo do futebol na Copa do Mundo disputada na Rússia.

Além dos craques da seleção campeã mundial, o treinador francês Didier Deschamps também está entre os indicados.

Deschamps, o terceiro homem a ganhar a Copa do Mundo como jogador e técnico, disputa o prêmio de melhor técnico com Zinedine Zidane (ex-Real Madrid), Diego Simeone (Atlético de Madri), Jürgen Klopp (Liverpool) e Massimiliano Allegri (Juventus).

Entre os outros indicados pela Globe Soccer, Jorge Mendes, Jonathan Barnett e Stefano Castagna disputarão o prêmio de melhor agente de jogadores, enquanto a premiação de melhor equipe ficará entre o Atlético de Madri e os dois finalistas da última Liga dos Campeões da UEFA: Real Madrid e Liverpool.

A cerimônia também homenageará vários nomes ilustres do futebol mundial, e os outros indicados serão anunciados em breve.

O Globe Soccer Awards será realizado em Dubai, logo após os Emirados Árabes sediarem a Copa do Mundo de Clubes FIFA 2018 e um pouco antes da Copa Asiática de Seleções 2019. Por sua vez, a Conferência Esportiva Internacional do Conselho Esportivo de Dubai receberá diversos palestrantes, desde proprietários de clubes a treinadores, jogadores e patrocinadores, todos debatendo o futuro do futebol.

########################################################

TERRORISMO

Análises de dados e relatórios da New Orb Media Inc.mostra que o número de países impactados pelo terrorismo aumentou, a aceitação pública de violência voltada a civis subiu e, ainda assim, o conhecimento especializado de como evitar que pessoas sejam atraídas ao terrorismo está, na melhor das hipóteses, limitado.

Trilhões de dólares norte-americanos foram gastos em esforços no combate ao terrorismo desde 2001, mas ainda sabemos muito pouco sobre os motivos pelos quais as pessoas se tornam terroristas.

Novas pesquisas mostram que relações individuais e círculos sociais podem representar um fator importante para atrair e evitar que pessoas se unam a uma organização violenta.

O financiamento e programas para compreensão do “caminho ao terrorismo” são limitados e amplamente localizados. A Orb Media examinou programas na Alemanha e Indonésia a fim de compreender o que algumas organizações estão fazendo “in loco”.

A partir de dados e definições da START na Universidade de Maryland, a Orb Media concluiu que a aceitabilidade de ataques contra civis aumentou em todo o mundo.

Além disso, embora o número de terroristas continue sendo muito pequeno, seu efeito político, psicológico e econômico é monumental. A proporção da população global que está muito preocupada com o terrorismo permanece elevada desde os ataques terroristas aos EUA do 11/9, permanecendo entre 65-85 por cento pelos últimos cinco anos.

A Orb Media tem o prazer de fazer parceria com membros da Orb Media Network (OMN), um grupo de mídia voltado a uma agenda global que colabora para a publicação simultânea de histórias em conjunto que catalisam o diálogo global sobre questões críticas, concentrando-se em atrair a atenção do governo, indústria, pesquisadores, sociedade civil e do público.

Membros da OMN:  CBC (Canadá), Channels (Nigeria), Dhaka Tribune (Bangladesh), Folha de São Paulo (Brasil), SVT (Suécia), Tempo Media Group (Indonésia), The Hindu (Índia), Die Zeit (Alemanha), BBC (Reino Unido), Cadena SER-Prisa (Espanha), YLE (Finlândia), El Comercio (Peru),  El Pai?s (Uruguai), Mail & Guardian (África do Sul), El Tiempo (Colômbia), La Nación (Argentina), eNCA (África do Sul), South China Morning Post (China), Louisville Public Media (Estados Unidos).

########################################################

VENCEDORA

Foto – Divulgação

Superando mais de 50 inscrições de estudo de pesquisa, a inscrição da investigadora médica Dra. Aurora Serralde Zúñiga sobre o estudo dos ácidos gordos ómega 3 em pacientes hospitalares que necessitam de nutrição parenteral com problemas associados a insuficiências intestinais ganhou a primeira Bolsa de Pesquisa para Nutrição Parenteral da América Latina.

A Dra. Serralde Zúñiga, doutorada em Ciências Médicas e investigadora médica do Instituto Nacional de Ciencias Médicas y Nutrición Salvador Zubirán recebeu a cobiçada bolsa no valor de 100.000 euros durante a cerimónia de prémios no Congresso FELANPE em Guadalajara, México a 24 de setembro. Esta bolsa irá permitir que a Dra. Serralde e a sua equipa de investigação investiguem os efeitos de emulsões lipídicas parenterais com e sem os ácidos gordos ómega 3 em stress oxidativo e endotoxemia metabólica em pacientes hospitalizados com insuficiências intestinais do tipo II.

A empresa de saúde mundial, Fresenius Kabi, lançou a Bolsa de Pesquisa para a Nutrição Parenteral da América Latina no início de 2018 para apoiar a pesquisa dedicada a melhorar os tratamentos em pacientes adultos hospitalizados na América Latina, dos quais 74 por cento estão moderadamente ou gravemente desnutridos.

Os resultados do estudo de pesquisa da Dra. Serralde Zúñiga e da sua equipa serão apresentados no Congresso FELANPE em 2020. Serão colocadas atualizações sobre a pesquisa e mais informações sobre esta bolsa em unitedforclinicalnutrition.com.

Para mais informações, visite www.fresenius-kabi.com ou envie um email para parenteralnutrition.research.grant@fresenius-kabi.com