NOTÍCIAS DE RORAIMA – Como resultado da produção acadêmica de alunos e professores, o Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR) tem se destacado em eventos regionais e nacionais, o que representa a promoção do ensino, pesquisa, extensão e inovação tecnológica, principais focos dos institutos federais. ..

0
24

OBITUÁRIO

Com pesar informamos e registramos o falecimento do patriarca PAULO DIAS, de família roraimense no sábado, 05/1, em Boa Vista.

O roraimense era proprietário do tradicional point denominado 100, na BR-174, sentido Pacaraima. Também era fazendeiro e já havia sido vereador pelo município de Boa Vista.

########################################################

BOLETIM IFRR

Como resultado da produção acadêmica de alunos e professores, o Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR) tem se destacado em eventos regionais e nacionais, o que representa a promoção do ensino, pesquisa, extensão e inovação tecnológica, principais focos dos institutos federais.

A mais recente premiação foi da ex-aluna do curso de Pós-graduação em Gestão e Planejamento de Destinos Turísticos Sustentáveis e empresária do ramo do turismo, Eusilene Sousa Matos, que teve seu trabalho de conclusão de curso, intitulado “Diretrizes de Conservação da Trilha do Parque Nacional do Monte Roraima” premiado com menção honrosa, na edição 2018/19 do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade: atitudes que transformam o turismo.

De acordo com Eusilene, o objetivo principal do estudo é promover a sensibilização dos turistas e outros agentes envolvidos no cenário do Monte Roraima, além de propor diretrizes que visem auxiliar o poder público, quanto à fiscalização e penalização de todos os envolvidos no turismo da região, reduzindo assim o lixo que é deixado no local. Nesse contexto, esse trabalho tem uma relevância muito grande, pois  incentiva toda a cadeia do turismo a incorporar o conceito de sustentabilidade em suas atividades”, disse.

Sobre a importância da pós-graduação para o aperfeiçoamento  profissional, a ex-aluna do CBV diz que a qualificação contribuiu para ampliar as perspectivas de sua empresa. “Um bom profissional precisa estar em constante aperfeiçoamento para aproveitar as oportunidades que surgem no mercado, ampliando a visão e expandindo as perspectivas para a sua empresa. Assim terá condições de somar conhecimento à experiência e com isso estar sempre à frente dos seus concorrentes”, finalizou.

Livro – Na elaboração do trabalho premiado, Eusilene foi orientada pela diretora do Campus Avançado Bonfim (CAB) a professora Leila Márcia Ghedin, que junto com outros ex-alunos do curso publicaram, no mês de dezembro, o primeiro e-book da instituição -Destino Roraima: olhares sobre a gestão do turismo – com diversos artigos sobre o turismo em Roraima.

######################################

Os alunos do curso Técnico em Eletrônica integrado ao ensino médio, do Campus Boa Vista (CBV), Éder Gabriel Chaves Brandão e Luiz Cláudio de Melo Junior, foram premiados com Bolsas de Iniciação Científica Júnior (ICJ) do CNPq, pela participação na edição 2018, da Mostra Nacional de Robótica (MNR), com vigência em 2019.

Os alunos foram premiados pelo brilhante desempenho no desenvolvimento do Projeto Saphyra 2.0, que consiste no desenvolvimento do protótipo de uma mão robótica inteligente, acionada por radiofrequência.

Éder explica que devido ao alto custo do projeto quase pensaram em desistir de desenvolvê-lo, mas com muita persistência foi possível concluí-lo.

########################################################

BOLETIM ALERR

Foto – Alex Paiva

A conselheira Cilene Salomão foi empossada na manhã de sexta-feira (4/12) como presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para o biênio 2019-2020.

A instituição tem 28 anos de criação e essa é a primeira vez que a única componente feminina do colegiado assume a presidência. Ao participar da cerimônia, o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Jânio Xingu (PSL), ressaltou o avanço que representa para o Estado ter cada vez mais mulheres no comando das instituições.

Foram empossados também os conselheiros Manoel Dantas, como vice-presidente, Joaquim Pinto Souto Maior Neto no cargo de corregedor, e Célio Rodrigues Wanderley para comandar a Escola de Contas.

Segundo a conselheira, apesar da escassez de recursos financeiros e humanos, a instituição continuará se desenvolvendo por meio do sistema informatizado e da fiscalização proativa.

Entre as metas da nova gestora está ainda a aproximação entre o TCE e a sociedade, para fortalecer o controle social.

TCE

O Tribunal de Contas do Estado é um órgão auxiliar do Poder Legislativo, com atribuição de fiscalizar e orientar os gestores na boa aplicação dos recursos públicos, inclusive nos atos e contratos e o acompanhamento da arrecadação da receita. Dispõe de estrutura própria, autonomia financeira, orçamentária, patrimonial e tem atualmente 310 servidores, entre conselheiros, efetivos, comissionados e cedidos no quadro de pessoal da instituição.

########################################################

APAGÕES

Foto – Divulgação

Em entrevista ao programa Voz do Povo, transmitida por uma emissora de rádio de Brasília-DF, na quinta-feira (3/1), o Senador Mecias de Jesus (PRB/RR), falou sobre os problemas causados à população de Roraima com os constantes apagões que acontecem quase todos os dias.

Roraima é o único Estado brasileiro que não pertence ao sistema interligado nacional de produção e transmissão de energia.

Energia Elétrica

Segundo Mecias de Jesus, Roraima passou muito tempo desassistido pelo Governo federal, o que tornou o Estado o mais atrasado em relação ao resto do país. Diante desse cenário, ele promete pautar seu mandato na defesa do estado e uma das prioridades é a energia elétrica, já que Roraima é o único estado que não pertence ao Sistema Interligado Nacional (SIN) de produção e transmissão de energia. “A construção do Linhão de Tucuruí é imprescindível, necessitamos de uma energia com qualidade para ajudar no desenvolvimento de Roraima. Não podemos depender da energia de Guri da Venezuela e das termelétricas. Tenho certeza que o presidente Jair Bolsonaro não medirá esforços para ajudar o Estado a sair da escuridão”, afirmou.

Migração Venezuelana

Mecias, também defende o fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela até que se estabeleça critérios para entrada de imigrantes. “Mais de cem mil venezuelanos já imigraram para o Brasil, por meio do Estado de Roraima, a fronteira está totalmente aberta facilitando a entrada de criminosos como, traficantes de armas, de drogas, assassinos e pessoas portadoras de doenças contagiosas”, apontou Mecias.

Ele destacou ainda que a migração trouxe sérios problemas para a segurança pública e também na área da saúde para o Estado. “O índice de criminalidade em Boa Vista e nos municípios do interior do Estado aumentou, o atendimento nos hospitais e unidades de saúde triplicaram. Com a polícia desassistida e sem apoio do governo federal fica muito difícil oferecer uma segurança de qualidade aos roraimenses, precisamos mudar urgentemente a lei de migração nacional”, defende o senador.