NOTÍCIAS DE RORAIMA – Foto – Divulgação – O secretário de Planejamento de Roraima, Marcos Jorge, durante encontro no início da tarde de sexta-feira, 1º/2, em Brasília-DF, com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, junto com o governador Antonio Denarium (PSL-RR) e o senador Mecias de Jesus (PRB-RR), discutiu a necessidade urgente de resolver a situação da vinda da energia de Tucuruí para Roraima…

0
84

SOCIAL

Em foto família: NORMANDO DOS SANTOS LIMA, DANILO LIMA,MARIA AMÉLIA ROSAS DOS SANTOS, RAYZA LIMA, NORMA CLÁUDIA DOS SANTOS LIMA e MESSIAS RODRIGUES

Foto – Acervo Pessoal

########################################################

BOLETIM IFRR

Com o objetivo de promover reflexões, trocas de experiências e discussões sobre a prática pedagógica no contexto da educação profissional e tecnológica, a partir das demandas dos docentes, o Campus Amajari promove, de 4 a 6 de fevereiro, na sua sede, o XIV Encontro Pedagógico. A abertura ocorre às 8 horas.

Durante os três dias do evento, que tem como tema “Educação Profissional e Tecnológica: desafios e possibilidades da práxis pedagógica no IFRR/Campus Amajari”, professores e técnicos participam de oficinas, palestras e roda de conversa.

Espaço de formação continuada da equipe técnica e dos docentes, o evento tem a intenção de promover discussões voltadas à realização da práxis pedagógica e aos diversos olhares sobre as demandas da Rede Federal, com foco na permanência e no êxito dos estudantes.

A expectativa é que o encontro pedagógico contribua para a prática do professor, no sentido de aprimorá-la com a adoção de metodologias, de técnicas de ensino, que possibilitem a dinamização da prática e a participação dos alunos.

PROGRAMAÇÃO

DIA 4/2/2019

8h às 8h15 – Abertura:

  • George Sterfson Barros – Diretor-geral do CampusAmajari
  • Sandra Grützmacher – Pró-reitora de Ensino
  • Pierlângela Cunha – Diretora de Ensino
  • Luana Lobo – Coordenadora Pedagógica

8h15 às 18h

  Roda de Conversa: “Metodologias ativas e saúde emocional dos educadores e estudantes no contexto do CAM”. Mediador: Prof. Dr. Ruy Guilherme Silveira de Souza

Dia 5/2/2019

Manhã: 8h às 12h

  Oficina 1: “Estratégias didáticas e participação ativa dos estudantes: possibilidades práticas”. Mediadora: M.ª Jamile Rosseti de Souza –  CAP/UFRR.

  Oficina 2: “O planejamento interdisciplinar e a prática pedagógica no contexto da diversidade cultural”. Mediadora: Dra. Simone Rodrigues Batista Mendes (UFRR).

Tarde: 14h às 18h

  Mesa-Redonda: “Educação a Distância: uma realidade no Campus Amajari”. Mediadoras: Dra. Edivânia Santana e M.ª Larisse Livramento.

Dia 6/2/2019

Manhã

8h às 9h30:

  Mobilização para implantação da CISSP e da equipe multiprofissional. Coordenação de Qualidade de Vida e Seguridade Social (DGP/IFRR).

9h30 às 9h45 – Intervalo

9h45 às 10h45

  Comissão Própria de Avaliação: devolutiva do questionário aplicado referente ao período de 2017

10h45 às 12h

  Gestão em Ação 2018: atividades realizadas nos cursos, nas diretorias e nas coordenações.  Me. George Sterfson Barros (diretor-geral do CAM)

Tarde: 14h às 17h30

  Planejamento Coletivo – Equipe da Coordenação Pedagógica do Campus Amajari.

#############################

As inscrições para o Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional (ProfEPT) iniciaram no sábado, dia 2 de fevereiro, e seguem até 7 de março, exclusivamente pela internet. O endereço eletrônico do sistema de inscrições será divulgado no site do programa (profept.ifes.edu.br/).

São 908 vagas para seleção de estudantes regulares da rede, que tem 40 instituições associadas em todos os estados. Em Roraima, o curso será ofertado pelo Instituto Federal de Roraima/Campus Boa Vista.

Das vagas, 22 são para Roraima, sendo metade para servidores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e metade para ampla concorrência.

A taxa de inscrição será no valor de R$ 70,00. O período de solicitação de isenção é de 2 a 11 de fevereiro de 2019. O exame ocorrerá no mês de maio e consistirá de prova de múltipla escolha, tendo como base a bibliografia indicada no site do programa. A novidade deste ano é que não haverá uma etapa com prova discursiva.

Conforme o edital, o curso tem como objetivo proporcionar formação em educação profissional e tecnológica, visando à produção de conhecimento e ao desenvolvimento de produtos, por meio de pesquisas que integrem os saberes inerentes ao mundo do trabalho e o conhecimento sistematizado ou não sistematizado, ocorrido em espaços não formais, pertinentes à educação profissional de nível básico.

O curso será ofertado na modalidade semipresencial. As disciplinas obrigatórias serão ofertadas na modalidade presencial, com carga horária de até 30% a distância. As disciplinas eletivas serão ministradas 100% a distância. As demais atividades poderão ter oferta presencial ou a distância, de acordo com a autonomia de cada uma das IAs que compõem a rede.

A conclusão do mestrado está condicionada à apresentação e à entrega de um produto da Educação Profissional e Tecnológica, conforme definição da área de ensino da Capes, de uma dissertação, que deverá ser defendida e aprovada por banca composta por, pelo menos, três docentes ao final do curso, e a submissão de um artigo completo que verse sobre seu trabalho.

O ProfEPT é ministrado pela Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, composta pelos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, pelos Centros Federais de Educação Tecnológica e pelo Colégio Pedro II. É coordenado por um Comitê Gestor e pela Comissão Acadêmica Nacional.

########################################################

POSSE

JHONATAN DE JESUS, MECIAS DE JESUA e DARBILENE RUFINO DO VALE

Eleito com 85.366 votos totalizados (17,43% dos votos válidos), Mecias de Jesus inicia seu primeiro mandato como senador, tendo como principais bandeiras de luta a regularização fundiária, com a transferência definitiva das terras ainda em poder da União para Roraima, a vinda do Linhão de Tucuruí e também a melhoria dos serviços de Saúde e Segurança no Estado.

Mecias trabalhou como engraxate, garçom e jardineiro até ingressar no serviço público em 1979. Graduou-se em gestão financeira e acredita que o mandato é do povo. “Estarei no Senado Federal para servir e representar toda a população de Roraima, o mandato que me foi concedido é deles!”, enfatizou o parlamentar.

O senador também garantiu forte atuação para resolver o problema da saúde, com o foco em lutar para aumentar a quantidade de recursos destinados para área, e proporcionar desta forma, melhorias na qualidade dos serviços oferecidos à população.  “Nossos hospitais não dispõem do mínimo para atender a população que depende da saúde pública. A situação do nosso Estado se agravou muito, principalmente depois da vinda dos venezuelanos e consequentemente afetou questões relativas à Segurança pública”, destacou.

O desenvolvimento de Roraima será outra pauta importante do parlamentar em Brasília. Para Mecias, é preciso união de bancada do estado no Congresso Nacional. “Precisamos possibilitar melhorias para os que mais precisam. O estado de Roraima necessita com urgência, ser desenvolvido, crescer e ter a importância que merece no cenário nacional. É fundamental a união de todos os parlamentares em favor dos roraimenses”, acredita o senador.

Com 26 anos de atividade legislativa, entre mandatos municipais e estaduais, Mecias de Jesus elegeu-se vereador em 1993 e foi seis vezes deputado estadual. O parlamentar agradeceu a todos que acreditaram em suas propostas e trabalho ao longo dos anos. “É com muita gratidão, e compromisso que inicio hoje o mandato de senador da República pelo meu querido estado. Agradeço a Deus, aos meus familiares e a cada eleitor. Vou atuar bravamente em defesa do meu estado”, disse.

O secretário de Planejamento de Roraima, Marcos Jorge, durante encontro no início da tarde de sexta-feira, 1º/2, em Brasília-DF, com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, junto com o governador Antonio Denarium (PSL-RR) e o senador Mecias de Jesus (PRB-RR), discutiu a necessidade urgente de resolver a situação da vinda da energia de Tucuruí para Roraima.

Marcos Jorge apontou que, devido o momento que a Venzuela atravessa, de confronto interno cada vez maior, e com o posicionamento do Brasil, reconhecendo o presidente do parlamento venezuelano no comando do país, Roraima fica numa situação ainda mais vulnerável.

“É fundamental que nós tenhamos de uma vez por todas solucionada essa situação do Linhão de Tucuruí, e que Roraima possa estar interligado ao sistema energético nacional. O governador Antônio Denarium está trabalhando pra isso”, disse.

O secretário destacou o leilão que será realizado em maio, para exploração de energia eólica, de biomassa e solar, em Roraima.

“É fundamental que isso ocorra de forma conjunta. Teremos aí um primeiro avanço, que é Roraima produzindo energia e saindo da dependência das termelétricas, e com o Linhão de Tucuruí, sairemos em definitivo da dependência, inclusive, da Venezuela”, apontou.

O senador Mecias de Jesus, que foi empossado na sexta-feira como senador da República, disse que essa será uma de duas prioridades nesse primeiro ano de mandato.

“Roraima precisa ter energia de qualidade e confiável para que possa atrair investimentos. Vamos trabalhar junto com nossa bancada federal e o governador Antonio Denarium, para que essa situação do Linhão de Tucuruí possa ser resolvida o mais rápido possível”, afirmou.

########################################################

POSSE II

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Roraima (OAB-RR), Ednaldo Vidal, participou na quinta-feira, 31/01, e na sexta-feira, 01/02, da eleição e posse do novo presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, para o triênio 2019-2022, e a posse dos Conselheiros Federais por Roraima naquela instituição.

Por Roraima, tomaram posse os Conselheiros Federais Titulares: Antonio Oneildo Ferreira, Emerson Luis Delgado Gomes e Rodolpho César Maia de Morais. E Conselheiros Federais Suplentes: Bernardino Dias de Souza Cruz Neto, Dalva Maria Machado e Stélio Dener de Souza Cruz.

Ednaldo Vidal destacou a importância da representatividade dos Conselheiros Federais pela Seccional e o trabalho conjunto com o Conselho Federal, tendo em vista que Felipe Santa Cruz é incisivo na luta pelo direito de defesa e pelas prerrogativas dos advogados, bandeira defendida também pela OAB-RR.

Ele ressaltou que o desrespeito à ampla defesa do cidadão dá margem para outras violações, inclusive, na violação do direito de o indivíduo se fazer acompanhar de um advogado se assim o entender. E isso está relacionado ao atentado às próprias prerrogativas do advogado, sendo os dois prejudiciais ao Estado Democrático de Direito.